Repositório Digital

A- A A+

Nossa Senhora do Aterro : Florianópolis a partir das crônicas ligeiras de Beto Stodieck (1971-1980)

.

Nossa Senhora do Aterro : Florianópolis a partir das crônicas ligeiras de Beto Stodieck (1971-1980)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Nossa Senhora do Aterro : Florianópolis a partir das crônicas ligeiras de Beto Stodieck (1971-1980)
Autor Fonseca, Jefferson Rafael da
Orientador Pesavento, Sandra Jatahy
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Colunismo social
Crônica
Florianópolis (SC)
História cultural
História e Jornalismo
O Estado (Jornal)
Práticas sociais
Stodieck, Beto (Sérgio Roberto Leite), 1946-1990.
Trajetoria social
[en] Chronicles
[en] Gossip columns
[en] Seventies
[en] Social trajectory
Resumo Temos aqui um estudo de caso onde se exercita, dentro do partido teórico-metodológico da história cultural do urbano, a aplicação do conceito ‘trajetória social’ aos estudos históricos, Visa estabelecer as condições que possibilitaram ao jornalista Beto Stodieck assumir a condição de porta-voz de uma parcela dos jovens da elite florianopolitana, cuja posição apoiava-se principalmente no capital cultural e social – acesso à educação, à cultura erudita e nas redes de relações sociais – herdados de família. Centrando a atenção num indivíduo e na formação do seu ‘ponto de vista’ - entendido como o universo das posições no interior do qual o agente estava situado e onde se definiu sua ação – o registro das transformações morfológicas e culturais, conforme foram registradas nas crônicas diárias, ajudou a buscar a cidade real através das representações formuladas por Beto Stodieck. A análise dos escritos e das práticas sociais ali retratadas apontou que o alcance da coluna social desse jornalista, tratada aqui como um conjunto de crônicas sociais ligeiras, foi resultado de três características fundamentais: o estilo do escritor; a capilaridade e importância social do veículo (principalmente o jornal O Estado); e a multiplicidade de temas ligados ao cotidiano de leitores das mais diversas posições sociais.
Abstract This work presents a study of case, within the party theoretical and methodological of the urban cultural history, in which applies of the concept ‘social trajectory’ to historical studies; seeking to identify the conditions that allowed the journalist Beto Stodieck become the spokesperson of a portion of the young elite of Florianópolis, whose position was supported mainly in the cultural and social capital – access to education, to erudite culture and networks of relationships social - inherited the family. Focusing on a individual and the making of their 'point of view' - understood as the universe of positions within which the agent was located and defined his action – the record of morphological and cultural transformations, as were registered in chronic daily, helped to understand the real city, through the representations made by Beto Stodieck. The analysis of the writings and social practices there portrayed, pointed out that the reach of the social columns of the journalist, treated here as a set of ‘slight social-chronicles’, was the result of three basic features: the style of the writer, the capillary and social importance of vehicle (mainly the newspaper O Estado), and the multiplicity of themes related to the daily lives of readers within different social positions.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/21516
Arquivos Descrição Formato
000736691.pdf (2.119Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.