Repositório Digital

A- A A+

Experiências de interação do Instituto de Biotecnologia da Universidade de Caxias do Sul com a comunidade

.

Experiências de interação do Instituto de Biotecnologia da Universidade de Caxias do Sul com a comunidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Experiências de interação do Instituto de Biotecnologia da Universidade de Caxias do Sul com a comunidade
Autor Soares, Lodonha Maria Portela Coimbra
Orientador Fracasso, Edi Madalena
Data 1998
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Transferencia de tecnologia : Cooperacao tecnica : Pesquisa cientifica : Universidade : Empresa : Estudo de caso : Instituto de biotecnologia : Universidade de caxias do sul : RS
Resumo Este estudo tem a finalidade de analisar experiências de interação Universidade – Empresa, em projetos do Instituto de Biotecnologia - ( IB ) da Universidade de Caxias do Sul – ( UCS ), a qual, como Instituição produtora e disseminadora de conhecimentos, busca atuar ativamente na transformação tecnológica da Região Nordeste do Estado do RS. Procura-se analisar as experiências de interação entre os pesquisadores da área de biotecnologia da UCS, as empresas do setor produtivo e a comunidade, identificando possíveis mecanismos e problemas. O IB foi criado para que, através dos resultados de suas pesquisas, possa contribuir efetivamente com os anseios da Comunidade a qual está inserida. Este estudo se constitui na análise de múltiplos casos de interação em oito projetos desenvolvidos no IB. Os dados foram coletados através de entrevistas com os coordenadores dos projetos no IB e com os responsáveis pela interação nas organizações parceiras, num total de 16 entrevistas.O estudo evidencia que as interações ocorrem a partir de contatos informais, baseadas na amizade entre os parceiros e oriundas, principalmente, do esforço do pesquisador. Os entrevistados acentuam a necessidade de uso de mecanismos formais de interação para agilizar e viabilizar projetos conjuntos do IB com empresas do setor produtivo e a comunidade, através de parcerias consolidadas. Finalmente, considera-se que, para assegurar o crescimento da interação com a comunidade, é urgente possibilitar, através de mecanismos formais, que a pesquisa científica desenvolvida no Instituto de biotecnologia da UCS volte-se prioritariamente para a identificação de problemas regionais, buscando as respectivas soluções, na perspectiva do desenvolvimento integrado da Região.
Abstract This study aims to analyze the process of interaction in projects developed in partnership between the Biotechnology Institute ( IB ) of the University of Caxias do Sul ( UCS ) and enterprises of the productive sector , and community organizations. This study is the analysis of the interaction, mechanisms and problems in eight IB projects. Data was collected from interviews with project coordinators of IB and with the persons in charge of the interaction in the partner organization, in a total of sixteen interviews. The study shows that the interaction start with informal contacts made by the researchers, on the basis of previous relationships. The interviews stressed the need to use formal means to speed up the interactions and facilitate the develoment of joint projects involving the IB, the production sector and the community. Finally, it is suggested that also through formal means the scientific research developed by the IB of UCS must have, as a priority, the identification of regional problems, searching for solutions, in the perspective of the integrated development of the Region.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/2170
Arquivos Descrição Formato
000227278.pdf (354.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.