Repositório Digital

A- A A+

Modalidades de mediação na interação entre sujeitos com paralisia cerebral em ambientes digitais de aprendizagem

.

Modalidades de mediação na interação entre sujeitos com paralisia cerebral em ambientes digitais de aprendizagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modalidades de mediação na interação entre sujeitos com paralisia cerebral em ambientes digitais de aprendizagem
Autor Lima, Edilma Machado de
Orientador Santarosa, Lucila Maria Costi
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Deficiente
Educação especial
Paralisia cerebral
Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)
[en] Information and communication technologies (ICT)
[en] Interaction
[en] Mediation
[en] Physical disability
[en] socio-digital Inclusion
Resumo A presente pesquisa, como parte de estudo do projeto de pesquisa vinculado ao CNPq (SANTAROSA, 2009/2012), investiga as modalidades de mediação que ocorrem nas interações estabelecidas em ambientes digitais de aprendizagem, entre pares de Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (PNEEs), com deficiência física causada por Paralisia Cerebral. A concepção sócio-histórica de Vygotsky quanto à importância da interação social para o desenvolvimento cognitivo do ser humano é a premissa básica deste trabalho. Buscou-se, dentro dessa perspectiva, através dos estudos deste cientista, bem como de seus seguidores e comentadores, o suporte teórico para analisar as diferentes modalidades de mediação entre pares de sujeitos com Necessidades Educacionais Especiais (NEEs) mais e menos experientes em ambientes digitais/virtuais de aprendizagem. A abordagem metodológica adotada foi a qualitativa, utilizando-se o estudo de caso através da observação direta das interações e mediações de dois pares de sujeitos com paralisia cerebral. A realização deste estudo foi facilitada pelo uso das instalações do Núcleo de Informática na Educação Especial (NIEE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e do Laboratório de Informática da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Lygia Morrone Averbuck. Os resultados mostraram que a interação entre PNEEs com paralisia cerebral é um recurso pedagógico que pode ser utilizado em salas de aula e laboratórios de informática com resultados significativos tanto na aprendizagem quanto na auto- estima desses sujeitos e as observações, ao confirmar a utilização das modalidades e intensidades de suporte, demonstraram que esta interação/mediação se processa dentro dos moldes propostos por Santarosa (2008).
Abstract This research, inserted on the research project linked to the CNPq (SANTAROSA, 2009/2012), investigates the modalities of mediation that occur in the interactions established in virtual learning environments, between pairs of Persons with Special Educational Needs (PSENs) with physical disabilities caused by cerebral palsy. The socio-historical conception of Vygotsky regarding to the importance of social interaction for cognitive development of human beings is the basic premise for this work. In this perspective, we sought through the researches of this scientist, as well as the studies of his followers and commentators, the theoretical framework to examine the different kinds of mediation between pairs of individuals with Special Education Needs (SENs) more and less experienced in virtual learning environments. The methodological approach we have adopted was the qualitative and we used the case study, by direct observation of interactions and mediations of two pairs of individuals with cerebral palsy. The fulfillment of this study was facilitated by the usage of the facilities of the Núcleo de Informática na Educação Especial (NIEE) ― Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) ― and the Computer Laboratory of the Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Lygia Morrone Averbruck. The results showed that the interaction between PNEEs with cerebral palsy is a teaching resource that can be used in classrooms and labs with significant results in the learning and in the self-esteem on these individuals and various observations have confirmed the use of modalities and intensity of support, showing that this interaction / mediation takes place along the lines proposed by Santarosa (2008).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/21855
Arquivos Descrição Formato
000738803.pdf (1.502Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.