Repositório Digital

A- A A+

Prevalence of attention-deficit hyperactivity disorders in students

.

Prevalence of attention-deficit hyperactivity disorders in students

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalence of attention-deficit hyperactivity disorders in students
Outro título Distúrbio de hiperatividade com déficit de atenção em estudantes: comparação entre os critérios do DSM-IV e neuropsicológicos
Autor Guardiola, Ana
Fuchs, Flávio Danni
Rotta, Newra Tellechea
Resumo O distúrbio de hiperatividade com déficit de atenção é uma condição frequente em crianças, sendo considerado importante problema médico-social. Caracteriza-se por distúrbios motores, perceptivos, cognitivos e comportamentais, que comprometem o aprendizado de crianças intelectualmente normais. Investigamos a prevalência do distúrbio em 484 estudantes de primeiro grau utilizando os critérios do DSM-IV e neuropsicológicos. A prevalência do distúrbio é 18% considerando-se os critérios do DSM-IV; 3,5%, considerando-se os critérios neuropsicológicos, incluindo, em adição aos aspectos psicométricos e comportamentais, a discrepância no exame neurológico evolutivo, e 3,9% considerando-se a persistência motora. A prevalência da síndrome foi maior nas crianças com mais idade (92,4 meses)com os critérios do DSM-IV e provavelmente foi superestimada, já que podem detectar outros distúrbios do comportamento. Neste contexto, o DSM-IV pode ser usado como rastreamento, desde que apresente adequada performance pré-teste.
Abstract Attention-deficit hyperactivity disorder (ADHD) is a common childhood condition, recognized as an important social-medical problem. The syndrome is characterized by motor system, perception, cognition and behavioral disturbances, compromising the learning of children with adequate intellectual potential. To investigate its prevalence in first grade pupils 484 children with DSM-IV diagnostic criteria and neuropsychological criteria were examined. The prevalence of ADHD was 18% when the diagnosis was made using DSM-IV criteria; 3.5% when neuropsychological criteria was used, including, in addition to behavioral and psychometric aspects, a discrepancy in the evolutionary neurological examination, and 3.9% when motor persistence was taken into account. The prevalence of ADHD was higher among older children (92.4 months) only when DSM-IV criteria were used. We conclude that the use of DSM-IV criteria probably overestimates the prevalence of ADHD, since it detects another behavioral disorders. In this context, they may be useful as screening, since they have adequate pre-testing performance.
Contido em Arquivos de neuro-psiquiatria. São Paulo. Vol. 58, n. 2B (2000), p.401-407
Assunto Escalas de graduação psiquiátrica
Transtornos de hiperatividade com falta de atenção
Transtornos do comportamento infantil : Diagnostico
[en] Attention-deficit hyperactivity disorder
[en] Diagnostic efficiency
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/21879
Arquivos Descrição Formato
000294525.pdf (29.30Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.