Repositório Digital

A- A A+

Histoplasmose disseminada no Rio Grande do Sul

.

Histoplasmose disseminada no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Histoplasmose disseminada no Rio Grande do Sul
Outro título Disseminated histoplasmosis in Rio Grande do Sul
Autor Severo, Luiz Carlos
Unis, Gisela
Oliveira, Flávio de Mattos
Resumo Este trabalho descreve os aspectos epidemiológicos e clínico-laboratoriais de 111 casos de histoplasmose disseminada provenientes do Rio Grande do Sul, no período de 25 anos (1977-2002). Características da doença foram analisadas em pacientes com e sem aids. A aids foi doença predisponente em 70 (63,1%) pacientes. Nos dois grupos houve predomínio de homens, brancos, sem história de contato conhecido com microfocos contaminados com Histoplasma capsulatum var capsulatum. As principais manifestações clínicas foram de caráter sistêmico como febre e emagrecimento (presentes em 97,1 e 92,7% dos pacientes com e sem aids), seguidos de manifestações respiratórias e mucocutâneas. A soromicologia (positiva em 54,5 e 65,3% respectivamente) se mostrou um bom método de triagem diagnóstica. O alto índice de acometimento cutâneo no grupo com aids (44,3%) comparado com estudos norte-americanos (p<0,01) sugere que diferentes cepas do Histoplasma capsulatum possam ocasionar diferentes manifestações clínicas da doença.
Abstract This report describes epidemiological, clinical and laboratorial aspects of 111 cases of disseminated histoplasmosis from Rio Grande do Sul over a 25-year period (1977-2002). Aids and non-Aids patients were analyzed was the predisposing disease in 63.1% of the patients. In both groups there were mostly men, whitout evidence of exposure to microfoci contaminated with Histoplasma capsulatum. The main clinical features were systemic (fever and weight loss were present in 97.1 and 92.7% of aids and non-aids cases), followed by respiratory and mucocutaneous manifestations. Seromycology (positive in 54.5% and 65.3% in aids and non-aids cases) was useful as a screening test. The high index of cutaneous involvement in AIDS patients (44.3%) compared with North American reports (p <0.01) suggests that different strains of Histoplasma capsulatum may induce different clinical manifestations of the same disease.
Contido em Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Uberaba. Vol. 37, n. 6 (nov./dez. 2004), p. 463-468
Assunto Histoplasmose
Síndrome de imunodeficiência adquirida
[en] Brazil
[en] Disseminated histoplasmosis
[en] Histoplasma capsulatum var capsulatum
[en] Opportunistic infection
[en] Rio Grande do Sul state
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/21892
Arquivos Descrição Formato
000508088.pdf (300.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.