Repositório Digital

A- A A+

Simultaneous detection of neisseria meningitidis, haemophilus influenzae and streptococcus sp. by polymerase chain reaction for the diagnosis of bacterial meningitis

.

Simultaneous detection of neisseria meningitidis, haemophilus influenzae and streptococcus sp. by polymerase chain reaction for the diagnosis of bacterial meningitis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Simultaneous detection of neisseria meningitidis, haemophilus influenzae and streptococcus sp. by polymerase chain reaction for the diagnosis of bacterial meningitis
Autor Failace, Luciane Hoff
Wagner, Mario Bernardes
Chesky, Marisa
Jobim, Luiz Fernando Job
Resumo Avaliamos o desempenho da reação em cadeia da polimerase (PCR) para detecção simultânea da Neisseria meningitidis, Haemophilus influenzae e S t reptococcus sp. no diagnóstico das meningites bacterianas e sua aplicabilidade na rotina diagnóstica. Foi realizado um estudo de coorte com 182 crianças apresentando suspeita de meningite bacteriana. Em 84, havia alterações clínicas e laboratoriais sugestivas de meningite bacteriana. Destas, 65 tiveram o agente etiológico identificado pelos métodos laboratoriais de rotina e 19 ficaram sem diagnóstico etiológico. Em 98 pacientes foi excluído o diagnóstico de meningite bacteriana. Analisando o desempenho da PCR encontramos sensibilidade de 88,1%, especificidade de 99,0% e valores preditivos positivo e negativo de 98,7% e 90,1% respectivamente. Nos 19 pacientes com meningite bacteriana mas sem diagnóstico etiológico a PCR detectou microrganismos em 14, sendo 12 N. meningitidis, um H. influenzae e um S t reptococcus sp. A PCR possui o potencial de poder aumentar os índices de identificação das técnicas tradicionais, principalmente nas situações onde a microscopia dire t a , cultura ou identificação antigênica são negativos ou inconclusivos.
Abstract The simultaneous detection of Neisseria meningitidis, Haemophilus influenzae, and Streptococcus sp. was assessed by polymerase chain reaction (PCR) for the diagnosis of bacterial meningitis, as well as the applicability of PCR as a routine test. A cohort study was carried out with 182 children (2 months to 12 years of age) with suspicion of bacterial meningitis. Routine tests identified the etiologic agent in 65/84 children whose clinical status and laboratory findings suggested the presence of bacterial meningitis. Bacterial meningitis was ruled out in 98 children. In 19 children, the etiologic diagnosis was not possible using stand a rd methods; in 14 of these patients, the etiologic agent was identified by PCR (N. meningitidis=12; H. influen - zae=1; S t reptococcus sp.=1). The sensitivity of PCR was 88.1%; specificity, 99.0%; positive predictive value, 98.7%; and negative predictive, 90.1%. PCR is a useful complementary diagnostic technique, especially when Gram stain, culture, or antigenic detection are negative or inconclusive.
Contido em Arquivos de neuro-psiquiatria. São Paulo. Vol. 63, n. 4 (dez. 2005), p. 920-924
Assunto Líquido cefalorraquidiano
Meningite bacteriana
Reação em cadeia da polimerase
[en] Bacterial meningitis
[en] Cerebrospinal fluid (CSF)
[en] Polymerase chain reaction (PCR)
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/21901
Arquivos Descrição Formato
000557060.pdf (781.3Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.