Repositório Digital

A- A A+

Reavaliação da suscetibilidade de candida a anfotericina B : estudo comparativo com isolados de três hospitais do estado do Rio Grande do Sul

.

Reavaliação da suscetibilidade de candida a anfotericina B : estudo comparativo com isolados de três hospitais do estado do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reavaliação da suscetibilidade de candida a anfotericina B : estudo comparativo com isolados de três hospitais do estado do Rio Grande do Sul
Outro título Re-evaluation of candida susceptibility to amphotericin B: comparative study with isolates from three hospitals of the Rio Grande do Sul state
Autor Boff, Everton
Lopes, Paulo Guilherme Markus
Spader, Tatiana
Scheid, Liliane Alves
Loreto, Érico
Dal Formo, Nara Frasson
Aquino, Valério Rodrigues
Santúrio, Jânio Morais
Severo, Luiz Carlos
Alves, Sydney Hartz
Resumo Comparou-se a suscetibilidade à anfotericina B de Candida spp isoladas de candidemias, sendo: 41 do Hospital Universitário de Santa Maria, 56 do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e 47 da Santa Casa, Complexo Hospitalar de Porto Alegre. Os testes foram baseados no documento M27-A2 do Clinical Laboratory Standards Institute. Todavia, foram empregadas 20 concentrações de anfotericina B, variáveis entre 0,1 e 2μg/ml. Os testes foram realizados nos meios RPMI 1640 com glicose, antibiotic medium 3 e yeast nitrogen base dextrosado. O caldo antibiotic medium 3 gerou amplas faixas de concentrações inibitórias mínimas e concentrações fungicidas mínimas quando comparado aos demais. As variações de suscetibilidade entre os hospitais foram melhor detectadas no antibiotic médium 3; os isolados do Hospital Universitário de Santa Maria evidenciaram menor sensibilidade do que os da Santa Casa, Complexo Hospitalar de Porto Alegre (p < 0,05). As causas das variações de suscetibilidade não foram avaliadas mas apontam para a necessidade de vigilância da suscetibilidade a anfotericina B.
Abstract Susceptibility to amphotericin B was compared between isolates of Candida spp that were obtained from candidemia cases as follows: 41 from Hospital Universitário de Santa Maria, 56 from Hospital de Clínicas, Porto Alegre, and 47 from the Santa Casa hospital complex, Porto Alegre. The tests were based on the document M27-A2 from the Clinical Laboratory Standards Institute, but with 20 concentrations of amphotericin B ranging from 0.1 to 2µg/ml. The tests were carried out using RPMI 1640 medium with glucose, antibiotic medium 3 and yeast nitrogen base-dextrose. The antibiotic medium 3 broth generated wide ranges of minimum inhibitory concentrations and minimum fungicidal concentrations in relation to the other agents. The variations in susceptibility between the hospitals were best detected in antibiotic medium 3. The isolates from Hospital Universitário de Santa Maria showed lower susceptibility than did those from the Santa Casa hospital complex, Porto Alegre (p < 0.05). The causes of the susceptibility variations were not assessed but they indicate the need for surveillance regarding the susceptibility to amphotericin B.
Contido em Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Brasília. Vol. 41, n. 1 (jan./fev. 2008), p. 36-40
Assunto Anfotericina B
Candida
Hospitais
Suscetibilidade à doença
[en] Amphotericin B
[en] Candida
[en] Candidemia
[en] Susceptibility
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/21908
Arquivos Descrição Formato
000637488.pdf (99.48Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.