Repositório Digital

A- A A+

Consumo de mesofilo foliar por Tuta absoluta (Meyrick, 1971) (Lepidoptera: Gelechidae) em três cultivares dE Lycopersicon esculentum Mill

.

Consumo de mesofilo foliar por Tuta absoluta (Meyrick, 1971) (Lepidoptera: Gelechidae) em três cultivares dE Lycopersicon esculentum Mill

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Consumo de mesofilo foliar por Tuta absoluta (Meyrick, 1971) (Lepidoptera: Gelechidae) em três cultivares dE Lycopersicon esculentum Mill
Outro título Leaf mesophyll consumption by Tuta absoluta (Meyrick, 1971) (Lepidoptera: Gelechidae) in three cultivars of Lycopersicon esculentum Mill
Autor Bogorni, Paulo Cesar
Silva, Ricardo Adaime da
Carvalho, Gervasio Silva
Resumo A “traça-do-tomateiro”, Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae), é uma das principais pragas do tomateiro na atualidade. Suas larvas atacam folhas, hastes, brotos, flores e frutos, causando severos danos à cultura. Trabalhos de quantificação do dano são relativamente raros e restringem-se à contagem do número de frutos atacados e estimativa dos danos foliares, nos testes de controle químico. Desta forma, realizou-se este trabalho objetivando quantificar o consumo de mesofilo foliar por este inseto em três cultivares de tomateiro (Carmem, Santa Clara e Empire). No Laboratório de Entomologia, do Departamento de Fitossanidade da Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi realizada a criação de lagartas nas três cultivares de tomateiro, sob condições controladas (temp. 25±1°C; U.R. 65±10% e fotofase de 12h). Através do uso de um medidor de área foliar (Li-cor Model LI-3000) mediu-se a área de mesofilo foliar consumida, correspondente ao dano em cada um dos ínstares. Não foram observadas diferenças no consumo de mesofilo foliar nas três cultivares. O consumo no 4o ínstar foi significativamente superior aos demais, chegando na cultivar Santa Clara, a mais consumida, a 2,207±0,258cm2, valor equivalente a 78,9% do total consumido durante a fase larval.
Abstract “Tomato leafminer”, Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae), is one of the main pests of tomato crop nowadays. Its larvae attack leaves, stems, sprouts, flowers and fruits, causing severe damage to the crop. Reports on damage are quite rare and restricted to counting the attacked fruits and estimating the leaf damage in same papers about chemical control. Thus, this report aimed at quantifying the T. absoluta consumption in three tomato cultivars (Carmem, Santa Clara and Empire). Larvae were bred in three tomato cultivars at the “Laboratório de Entomologia do Departamento de Fitossanidade da Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul”, under controlled conditions (temp. 25±1°C; R.H. 65±10% and photophase of 12h). The damaged area was measured in each one of all instars using a Portable Area Meter (Li-cor Model LI-3000). There were no differences in the leaf mesophyll area consumed among cultivars. The leaf consumption in the fourth instar was significantly higher than in the others, reaching 2,207±0,268 cm2 in Santa Clara cultivar, the most consumed one, this value equals 78,9% of the whole consumption during the larval phase.
Contido em Ciência rural. Santa Maria. Vol. 33, n. 1 (jan./fev. 2003), p. 7-11
Assunto Praga de planta
Tomate
Traça-do-tomateiro
[en] Leaf consumption
[en] Leafminer
[en] Tomato
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/22008
Arquivos Descrição Formato
000680116.pdf (55.00Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.