Repositório Digital

A- A A+

Sobrevivência e perfil de resistência a antimicrobianos de Salmonella sp. isoladas em um sistema de tratamento de dejetos suínos

.

Sobrevivência e perfil de resistência a antimicrobianos de Salmonella sp. isoladas em um sistema de tratamento de dejetos suínos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sobrevivência e perfil de resistência a antimicrobianos de Salmonella sp. isoladas em um sistema de tratamento de dejetos suínos
Outro título Survival and resistance patterns of Salmonella sp. isolated in a pig slurry treatment plant
Autor Schmidt, Veronica
Cardoso, Marisa Ribeiro de Itapema
Resumo No presente estudo, foi avaliada a sobrevivência de Salmonella sp., presente em dejetos suínos, durante tratamento em um sistema de separação física e lagoas de estabilização ligadas em série. Nas amostras de Salmonella sp. isoladas foi determinado o perfil de resistência pelo método de difusão em ágar, usando 14 antimicrobianos. Das 20 coletas realizadas, foi possível isolar Salmonella sp. em 13 coletas no ponto correspondente ao início do sistema de tratamento e em apenas uma no ponto final do mesmo. Amostras de Salmonella sp. isoladas (161/163) pertenciam ao sorotipo Typhimurium e demonstraram resistência contra sulfonamida (100%), tetraciclina (99,4%), estreptomicina (90,1%), sulfa/ trimetoprima (84,5%), ácido nalidíxico (77,6%), ampicilina (76,4%), cloranfenicol (29,2%), cefaclor (25,5%), tobramicina (13,7%), gentamicina (6,2%), amoxacilina/ácido clavulânico (5%), neomicina (5%) e amicacina (3,7%). A maioria (94,5%) das amostras isoladas foram resistente a 4 ou mais antimicrobianos e apresentaram grande variabilidade nos perfis de resistência. O nível de resistência e a variabilidade dos perfis mantiveram-se em nível semelhante ao longo do sistema.
Abstract The survival of Salmonella sp. in pig slurry submitted to treatment in successive stabilization ponds on a pig-breeding farm was investigated. Furthermore, the isolated Salmonella strains were tested for their resistance against 14 antibiotics, using the agar diffusion method. Of a total of 20 samples taken from different points in the stabilization ponds system, 13 were positive for Salmonella sp. in the beginning and only one at the end of the system. Most of the isolated Salmonella strains (161/163) belonged to sorovar Typhimurium. These strains were resistant to sulfonamide (100%), tetracycline (9.4%), sulfamethoxazole/trimethoprin (84.5%), ampicillin (76.4%), cloramphenicol (29.2%), streptomycin (90.1%), nalidixic acid (77.6%), tobramycin (13.7%), neomycin (5%), amikacin (3.7%), cefaclor (25.5%), gentamicin (6.2%) and amoxacilin/ clavulanic acid (5%). Most Salmonella Typhimurium strains (94.5%) were resistant to 4 or more antibiotics. The multi-resistance level and the pattern variability of these strains were similar in the beginning and at the end of the stabilization ponds system.
Contido em Ciência rural. Santa Maria. Vol. 33, n. 5 (set./out. 2003), p. 881-888
Assunto Dejetos suinos
Salmonella sp. : Resistência antimicrobiana
[en] Antibiotic-resistance
[en] Salmonella typhimurium
[en] Stabilization ponds
[en] Swine
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/22424
Arquivos Descrição Formato
000379491.pdf (301.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.