Repositório Digital

A- A A+

Solução hipersaturada de sal como conservante de pericárdio canino utilizado na reparação do músculo reto abdominal de ratos Wistar

.

Solução hipersaturada de sal como conservante de pericárdio canino utilizado na reparação do músculo reto abdominal de ratos Wistar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Solução hipersaturada de sal como conservante de pericárdio canino utilizado na reparação do músculo reto abdominal de ratos Wistar
Outro título Supersaturated salt solution as a canine pericardium preserver used in reparation of the rat rectus abdominis muscle
Autor Brun, Maurício Veloso
Pippi, Ney Luis
Driemeier, David
Contesini, Emerson Antônio
Beck, Carlos Afonso de Castro
Cunha, Olicies da
Pinto Filho, Saulo Tadeu
Roehsing,Claúdio
Stedile, Rafael
Resumo Com a finalidade de testar a solução hipersaturada de sal (na proporção de 1,5g de sal comercial para 1m" de água tridestilada) como conservante, foram realizados implantes de pericárdio canino mantido neste meio, no mínimo por 90 dias, em lesões provocadas no músculo reto abdominal de 24 ratos Wistar. Previamente à implantação da membrana, a solução foi avaliada quanto a presença de bactérias e fungos, demonstrando resultados negativos. Durante o procedimento cirúrgico, foi removido um segmento da largura completa do músculo reto abdominal direito, de 1,5cm de comprimento. A lesão produzida foi preenchida com o implante, sendo este suturado às bordas musculares com fio de náilon monofilamentar 6-0 em padrão contínuo simples. Os animais operados foram subdivididos em seis grupos (I, II, III, IV, V, VI) de igual número, sendo posteriormente sacrificados aos três, cinco, sete,10, 15 e 30 dias do pós-operatório, afim de se realizar as avaliações macroscópica e histológica da região do implante. Nos exames macroscópico e histológico pôde-se constatar neovascularização no local reparado, que gradualmente foi decrescendo. Ao exame histológico foi observado a substituição gradativa do implante por tecido conjuntivo fibroso, sem a ocorrência de eliminação do implante ou contaminação. Através destes achados é possível afirmar que a solução hipersaturada de sal estudada, é um meio adequado para a conservação de pericárdio canino.
Abstract This study evaluates the supersaturated salt solution (1,5g of commercial salt for 1m" of tridestilled water) as a tissue preserver. Canine pericardium stored in this medium was implanted in defects made in the rectus abdominis muscle of 24 Wistar rats. Previously the implantation, analysis of the solution was performed and no bacteria or fungi were found. Surgical procedure: a 1,5cm of the right rectus abdominis muscle length was removed, and the defect was covered with the pericardium graft, which was sutured in the muscle borders with a 6-0 monofilamentar nylon using a simple continuous pattern. The rats were subdivided in six similar groups (I, II, III, IV, V, VI), and were euthanized in days 3, 5, 7, 10, 15 and 30 post-operative, respectively. Gross and histological examination showed neovascularization in the surgical site, and it was gradually decreasing. The pericardium was progressively being substituted by fibrous conjunctive tissue, without graft elimination or contamination. Supersaturated salt solution therefore offers an adequate storage system to the canine pericardium.
Contido em Ciência rural. Santa Maria. Vol. 32, n. 6 (nov./dez. 2002), p. 1019-1025
Assunto Patologia clinica veterinaria
[en] Alograft
[en] Supersaturated salt solution
[en] Tissue preservation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/22449
Arquivos Descrição Formato
000389979.pdf (53.83Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.