Repositório Digital

A- A A+

Poliembrionia e numero de sementes por fruto de quatro cultivares de tangerineira

.

Poliembrionia e numero de sementes por fruto de quatro cultivares de tangerineira

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Poliembrionia e numero de sementes por fruto de quatro cultivares de tangerineira
Outro título Polyembryony and number of seeds por fruit of four Mandarin cultivars
Autor Rodrigues, Lia Rosane
Dornelles, Ana Lucia Cunha
Schifino-Wittmann, Maria Teresa
Resumo Quatro cultivares de tangerineiras foram caracterizados quanto ao número de sementes por fruto e quanto à poliembrionia, três dos quais são usados como genitores no programa de melhoramento genético do Departamento de Horticultura e Silvicultura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Coletaram-se frutos de plantas da coleção de citros da Estação Experimental Agronômica, em Eldorado do Sul, RS, cujas sementes foram retiradas e contadas. Em câmara estéril, os embriões foram extraídos das sementes e inoculados em meio de cultivo MT (Murashige & Tucker, 1962), permanecendo por 49 dias a 26±3oC sob fotoperíodo de 16h. As tangerineiras Caí, Montenegrina (Citrus deliciosa Tenore), Poncã (C. reticulata Blanco) e King (C. nobilis Loureiro) produziram, em média, 16, 14, 8 e 24 sementes viáveis por fruto, respectivamente, contendo um número médio de 5,7, 5,7, 7,7, e 3,2 embriões por semente. A produção de sementes monoembriônicas foi baixa, exceto no cultivar King, que apresentou 20,4% das sementes com apenas um embrião. Registrou-se a ocorrência de embriões albinos, que constituíram uma parte ou a totalidade do conteúdo de algumas sementes. De modo geral, as espécies apresentaram diferenças significativas quanto às características estudadas. As similaridades observadas entre os dois cultivares de C. deliciosa reforçam a hipótese de Montenegrina ter se originado de Caí.
Abstract Four mandarin cultivars were characterized for seed number per fruit and polyembryony, three of them are used as parents in the Departamento de Horticultura e Silvicultura - Universidade Federal do Rio Grande do Sul citrus breeding program. Mandarin fruits were sampled from the Experimental Station citrus collection, in Eldorado do Sul, RS, and their seeds were extracted and counted. In esterile chamber, the embryos were excised from seeds and cultured in vitro on MT medium (Murashige & Tucker, 1962), at 26±3oC with a 16h photoperiod. The mandarin cultivars Caí, Montenegrina (Citrus deliciosa Tenore), Poncã (C. reticulata Blanco) and King (C. nobilis Loureiro) had an average of 16, 14, 8 and 24 viable seeds per fruit, respectively, and 5.7, 5.7, 7.7 and 3.2 embryos per seed. Monoembryonyc seed production was low, except in King cultivar, which had 20.4% of monoembryonic seeds. Albine embryos were also detected, which were part or total content of some seeds. In general, the species showed significant differences in relation to the studied traits. The similarities between the C. deliciosa cultivars are strong evidences for the hipotesis that Montenegrina is originated from Caí.
Contido em Ciencia Rural. Santa Maria. vol.,29, n.3 (jul./set. 1999), p.469-474
Assunto Tangerineira : Melhoramento genetico vegetal : Poliembrionia : Reproducao : Semente : Comportamento de variedade
[en] Apomixis
[en] Citrus spp.
[en] Embryo culture
[en] Mandarins
[en] Polyembryony
[en] Seeds
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/22587
Arquivos Descrição Formato
000245735.pdf (56.81Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.