Repositório Digital

A- A A+

A institucionalidade do "jeitinho brasileiro" : regras implícitas ou hábitos dos indivíduos? Uma discussão das abordagens institucionalistas à luz dos intérpretes do Brasil

.

A institucionalidade do "jeitinho brasileiro" : regras implícitas ou hábitos dos indivíduos? Uma discussão das abordagens institucionalistas à luz dos intérpretes do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A institucionalidade do "jeitinho brasileiro" : regras implícitas ou hábitos dos indivíduos? Uma discussão das abordagens institucionalistas à luz dos intérpretes do Brasil
Autor Pimentel, Joyce Tognola
Orientador Conceição, Octavio Augusto Camargo
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Brasil
Capitalismo
Comportamento
Desenvolvimento econômico
Instituições
[en] Institutions
[en] Reconstitutive downward causation
[en] Social-economic development
[en] ‘Jeitinho brasileiro’
Resumo O objetivo deste trabalho consiste em analisar as implicações das regras sociais implícitas brasileiras no desenvolvimento sócio-econômico do país sob a luz da teoria neoinstitucionalista. Inserido neste arcabouço teórico tem-se um desenvolvimento alcançado a partir de um progressivo ajustamento entre as instituições e a realidade. Como realidade, entende-se, neste estudo, o capitalismo. Desta forma, primeiramente, se analisa as instituições que propiciaram o surgimento do capitalismo na Europa, enfatizando as revoluções precedentes que influenciaram a formação sócio-cultural deste sistema. Posteriormente, se realiza um resgate histórico da formação sócio-econômica do Brasil destacando os aspectos culturais enraizados na sociedade durante o período colonial. Observa-se que, a despeito da industrialização, o Brasil permaneceu calcado em valores tradicionais e arcaicos que não condizem com os valores modernos da gênese do capitalismo. Tendo em vista estes conceitos, utiliza-se do Reconstitutive Downward Causation para se analisar a forma em que emergem as instituições no Brasil. Observou-se que, enquanto as instituições que operam no ambiente informal surgem a partir dos hábitos mentais dos próprios indivíduos, as instituições que operam no âmbito formal são decorrentes da importação de modelos externos. Esta incoerência faz com que surja o ‘jeitinho brasileiro’, uma instituição que permite ao indivíduo lidar com a esfera formal mantendo seus hábitos mentais.
Abstract The objective of this study consists of analyzing the implications of the Brazilian implicit social rules in the socio-economic development of the country under the light of neoinstitutionalist theory. Inserted in this theoretical approach, development it is achieved from a gradual adjustment between institutions and reality. As, reality, it is understood in this study, capitalism. Thus, first, examines the institutions that enabled the emergence of capitalism in Europe, emphasizing the previous revolutions that have influenced the social-cultural formation of the system. Subsequently, it is done a rescue of the historic socio-economic formation of Brazil highlighting the cultural aspects rooted in society during the colonial period. It is observed that, in spite of industrializations, Brazil remained based on traditional and archaic values which do not match with the values of the genesis of modern capitalism. In view of these concepts, the Reconstitutive Downward Causation concept it is used to examine the way in which institutions emerge in Brazil. It was observed that while the institutions operating in the informal environment arise from the mental habits of the individual themselves, the institutions that operate under formal scope are resulted from the importation of foreign models. This inconsistency makes it arises the ‘jeitinho brasileiro’, an institution that allows the individual to deal with formal sphere keeping its mental habits.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/22652
Arquivos Descrição Formato
000714829.pdf (707.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.