Repositório Digital

A- A A+

Sementes que brotam da crise : a produção de novidades organizacionais na agricultura familiar do oeste de Santa Catarina

.

Sementes que brotam da crise : a produção de novidades organizacionais na agricultura familiar do oeste de Santa Catarina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sementes que brotam da crise : a produção de novidades organizacionais na agricultura familiar do oeste de Santa Catarina
Autor Mello, Márcio Antonio de
Orientador Schneider, Sergio
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Agricultura
Agricultura familiar
Desenvolvimento sustentável
Inovação tecnológica
Modernização agrícola
Santa Catarina, Oeste
[en] Family farm
[en] Innovation organization
[en] Novelties production
[en] Rural development
Resumo Esta tese investiga as recentes transformações sociais, econômicas e ambientais promovidas pelo processo de modernização da agricultura e da mercantilização no Oeste de Santa Catarina. Também identifica e estuda algumas estratégias colocadas em prática pelos agricultores familiares para enfrentar o contexto de crise, que desde meados dos anos 1980 envolve a agricultura da região. Busca-se compreender e analisar como as inovações e novidades organizacionais, promovidas pelos agricultores, emergem e se enraízam no território. Como propósito geral buscou-se analisar algumas das principais mudanças sociais e econômicas decorrentes do processo de reestruturação produtiva da agricultura, bem como as transformações que as inovações e novidades promovem no ambiente socioeconômico onde elas emergem. Mais especificamente, os objetivos foram de analisar a forma de atuação do capital agroindustrial na região e seus reflexos socioeconômicos e ambientais, assim como na organização da produção e do trabalho da agricultura familiar. Da mesma forma analisamos como são construídas pelos agricultores familiares e outros atores sociais as inovações e novidades organizacionais e os efeitos que elas promovem na forma de produzir, de organizar a produção e de se inserir no mercado. O problema desta pesquisa nasce do entendimento de que mesmo em situações desfavoráveis à reprodução econômica e social, como tem sido o caso do Oeste de Santa Catarina, os agricultores familiares buscam construir espaços de manobra na luta por autonomia. Todavia, em grande medida essas iniciativas não recebem a fundamental atenção acadêmica e política para que possam florescer e se difundir. Para dar conta dos objetivos propostos, a pesquisa empírica foi executada em dois momentos distintos. No primeiro realizou-se um estudo de caso no município de Coronel Freitas, considerado representativo da trajetória histórica e do processo de modernização e mercantilização da agricultura familiar da região. A principal técnica de pesquisa foi a aplicação de questionário padronizado em 83 unidades familiares e a utilização de entrevistas semi-estruturadas com informantes-chave. O segundo momento da pesquisa estudou, em 12 municípios da região, três novidades organizacionais: uma pequena cooperativa de comercialização de leite; a experiência da produção agroecológica e sua inserção em cadeias curtas de comercialização e a experiência de agregação de valor em agroindústrias familiares rurais, constituídas de forma individual ou em pequenas cooperativas articuladas em rede. Para tanto, foram realizadas 35 entrevistas com agricultores e informantes-chave. Os dados da pesquisa foram analisados e interpretados a partir de um conjunto de abordagens teóricas que têm em comum a Perspectiva Orientada ao Ator. Em termos gerais os dados da pesquisa mostram que as “novidades” ou “iniciativas de desenvolvimento rural” nascem em determinado contexto sócio-cultural, mas podem se irradiar pela região, dependendo das conexões, alianças e apoio capaz de promover a aprendizagem coletiva. A construção dessas novidades produtivas e organizacionais representam inovações sociais de onde pode germinar as “sementes da transição” e promover um processo de desenvolvimento rural. O enraizamento e a consolidação dessas novidades no território vai depender, no entanto, da criação de alianças e conexões capaz de criar um ambiente sócio institucional favorável.
Abstract This thesis investigates recent social, economical and environmental changes promoted by the process of modernization of agriculture and the commoditization taking place in the western region of Santa Catarina, Brazil. It also identifies and studies some of the strategies carried out by family farmers seeking to face the context of crisis that involves farming in the region since the mid 1980s. We seek to comprehend and analyze how organizational innovations and novelties promoted by the farmers emerge and take root in the region. The overall purpose is to identify and analyze some of the main social and economical changes caused by the productive restructuring process in agriculture, as well as the transformations that the innovations and novelties have promoted in the socialeconomical environment in which they emerge. More specifically, our goals are to analyze the performance of the agro-industrial capital in the region and its reflections on socialeconomical and environmental issues and on the organization of production and work of the family farmers. Moreover, we analyze how the organizational innovations and novelties are undertaken by the family farmers and other social actors and the effect they have in production, organization and market insertion. The question of the research arose from the comprehension that even in unfavorable situations for economical and social reproduction, as has been the case in western Santa Catarina, family farmers have sought to find room to maneuver in their struggle for autonomy. These initiatives in large measure still do not receive the necessary academic and political attention for them to flourish and spread. In order to reach the goals proposed, the empirical research was carried out in two different moments. In the first moment, a case study was carried out in the municipality of Coronel Freitas, considered a representative place in the historical trajectory of modernization commotidization process of family farming in the region. The main research technique involves the application of a standardized questionnaire in 83 family units and the use of semi-structured interviews with key informants. The second stage of the research involves the study of three organizational novelties in 12 municipalities of the region: a small milk commercialization cooperative, the experience of agro-ecological production and its insertion in the short chain of commercialization and the experience of value aggregation in rural family agro-industries, built individually or in small net-articulate cooperatives. For such purpose, 35 interviews with farmers and key informants were carried out. The research data was analyzed and interpreted following a set of theoretical approaches that have in common the Actor-Oriented Perspective. In general terms, the research data demonstrated that the “novelties” or “rural development initiatives” are born in a certain social-cultural context, but can radiate through the region depending on the connections, alliances and support capable of promoting collective learning. The construction of these organizational and productive novelties represent a social innovations from which the “seeds of transition” can sprout and a process of rural development can be promoted. The development of roots and the consolidation of these novelties in the region will depend, however, on the creation of alliances and connections capable of creating a favorable social-institutional environment.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/22663
Arquivos Descrição Formato
000733928.pdf (4.027Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.