Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do conforto e da energia em edifícios residenciais de Porto Alegre

.

Avaliação do conforto e da energia em edifícios residenciais de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do conforto e da energia em edifícios residenciais de Porto Alegre
Outro título Comfort and energy assessment in residential buildings in Porto Alegre
Autor Kinsel, Luciane Stürmer
Orientador Silva, Heitor da Costa
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Avaliação
Cidades : Porto Alegre (RS)
Conforto ambiental : Construcao
Desempenho termico
Edificios residenciais
Energia : Edificacoes
Habitação
Residências
Simulação
[en] Architecture
[en] Comfort
[en] Computer simulation
[en] Energy
[en] Housing
Resumo A presente dissertação propõe um método de avaliação do desempenho térmico e energético para edifícios residenciais na cidade de Porto Alegre/RS. Através de simulações computacionais são medidos o número de horas com temperatura de conforto e o consumo energético para dois ambientes residenciais, dormitórios e salas. O objetivo da pesquisa é analisar criticamente as condições de conforto dos usuários no ambiente construído e os recursos energéticos alocados para atingir esse conforto. Para tanto, a revisão bibliográfica embasou-se nos fundamentos do clima, do conforto térmico, das estratégias bioclimáticas de projeto, do consumo de energia e da legislação sobre edificações vigente nas décadas de 70, 80 e 90. A metodologia se desenvolveu a partir de análises paramétricas relacionadas à abertura da edificação: tamanho, orientação solar, sombreamento e ventilação. A dissertação propõe uma ficha de avaliação do desempenho térmico e energético dos edifícios residenciais que serve como um guia de classificação do conforto e da energia. Os resultados mostram as discrepâncias e semelhanças entre os parâmetros da variável abertura no desempenho térmico-energético dos compartimentos, e na eficiência energética das diferentes edificações. Apresenta-se, portanto, uma visão preliminar da influência que o desenho do edifício tem sobre o condicionamento térmico e energético da habitação na região climática de Porto Alegre.
Abstract The present thesis proposes an assessment method for the thermal and energetic performance of residential buildings in the city of Porto Alegre/RS. The amount of comfort hours and energy consumption in two residential environments, bedrooms and living rooms, are measured through computer simulations. The aim of this research is to critically analyze user comfort conditions in the environment and the energetic resources employed in attaining this level of comfort. Therefore, the literature review was based on the fundaments of climate, thermal comfort, project bioclimatic strategies, energy consumption and building legislation of the 70', 80' and 90'. The methodology was developed based on parametric analyzes related to the opening of the building: size, solar orientation, shadowing and ventilation. The thesis proposes an assessment form for the thermal and energetic performance of residential buildings, which serves as a classificatory guide of comfort and energy. The results demonstrate the discrepancies and similarities between the parameters of the variable opening in the thermo-energetic performance of the compartments and on the energetic efficiency of the different buildings. A preliminary overview, therefore, is presented on the influence of the building design over the thermal and energetic conditioning of the residence in the climatic region of Porto Alegre.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/22673
Arquivos Descrição Formato
000735579.pdf (6.475Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.