Repositório Digital

A- A A+

Sistematização das artérias da base do encéfalo, distribuição e territórios das artérias cerebrais rostral, média e caudal e da artéria mesencefálica na superfície do encéfalo em jacaré do papo-amarelo (Cayman latirostris)

.

Sistematização das artérias da base do encéfalo, distribuição e territórios das artérias cerebrais rostral, média e caudal e da artéria mesencefálica na superfície do encéfalo em jacaré do papo-amarelo (Cayman latirostris)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sistematização das artérias da base do encéfalo, distribuição e territórios das artérias cerebrais rostral, média e caudal e da artéria mesencefálica na superfície do encéfalo em jacaré do papo-amarelo (Cayman latirostris)
Autor Almeida, Lygia Maria de
Orientador Campos, Rui
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Anatomia animal : Cerebro
Artérias cerebrais
Vascularização encefálica
[en] Cerebral arteries
[en] Encephalic vascularization
[en] Reptiles
Resumo Foram utilizados 30 encéfalos de jacaré do papo-amarelo (Cayman latirostris), injetados com látex, corado em vermelho, com objetivo de sistematizar e descrever a distribuição e territórios das artérias carótidas internas e suas principais ramificações na superfície do encéfalo. As artérias carótidas internas apresentaram uma anastomose intercarótica e a artéria oftálmica interna. Na altura da hipófise estas se dividiram num ramo rostral e num curto ramo caudal, que continuou naturalmente como artéria cerebral caudal. O ramo rostral formou a rede da artéria cerebral média, a artéria cerebral rostral e a artéria comunicante rostral. A artéria cerebral caudal antes de penetrar na fissura transversa do cérebro emitiu o Iº ramo central, e em seu interior originou a artéria diencefálica, o IIº ramo central, ramos hemisféricos occipitais e a artéria pineal. Ao abandonar a fissura, a artéria cerebral caudal, curvou-se caudodorsalmente, emergindo no pólo occipital do hemisfério cerebral, projetou-se rostralmente, sagital a fissura longitudinal do cérebro como artéria interhemisférica. Esta lançou ramos hemisféricos convexos e hemisféricos mediais para as respectivas faces dos hemisférios cerebrais, e anastomosou-se com sua homóloga contralateral formando a artéria etmoidal comum, que se dividiu nas artérias etmoidais: direita e esquerda, as quais progrediram para as cavidades nasais, vascularizando-as. O curto ramo caudal emitiu sua porção de médio calibre, que lançou as artérias mesencefálica e cerebelar ventral rostral. Esta porção do ramo caudal anastomosou-se com seu homólogo contralateral formando a artéria basilar. A artéria basilar acompanhou a fissura mediana ventral da medula oblonga, e lançou as artérias cerebelares ventrais caudais e espinhais dorsais, e abandonou a cavidade craniana como artéria espinhal ventral. A artéria mesencefálica formou as artérias tectais, cerebelar dorsal rostral e cerebelar dorsal caudal. A artéria espinhal dorsal originou a artéria trigeminal. O círculo arterial cerebral apresentou-se fechado tanto rostral como caudalmente e o suprimento sanguíneo cerebral foi feito exclusivamente pelo sistema carótico.
Abstract It was utilized 30 brains of broad- snouted Cayman (Cayman latirostris), injected with red stained latex, aiming to systematize and describe the distribution and territories of the internal carotid arteries and their main branches on the surface of the brain. The internal carotid arteries showed an anastomosis intercarótica and internal ophthalmic artery. At the level of the hypophysis divided into a rostral branch and a short caudal branch, which continued naturally as caudal cerebral artery. The rostral branch formed a middle cerebral artery network, the rostral cerebral artery and the rostral communicating artery. The caudal cerebral artery before entering the cerebral transverse fissure gave of the Iº central branch and inside emitted the diencephalic artery, the IIº central branch, occipital hemispheric branches and the pineal artery. After leaving the cerebral transverse fissure, the caudal cerebral artery curved caudodorsalwards, emerging at the occipital pole of the cerebral hemisphere and projected rostrally sagittal to the cerebral longitudinal fissure, as interhemispheric artery. This gave off convex hemispheric branches and medial hemispheric branches of the same, and anastomosed with its contralateral homologous to form the common ethmoidal artery, which divided into the ethmoidal arteries: right and left, which progressed to the nasal cavities, vascularizing them. The short caudal branch gave off his portion of medium caliber, which originated the mesencephalic and ventral rostral cerebellar arteries. This portion of the caudal branch anastomosed with its contralateral homologous to form the basilar artery. The basilar artery accompanied the ventral median fissure of medulla oblongata, and emitted the ventral caudal cerebellar artery and dorsal spinal artery, and abandoned the cranial cavity as ventral spinal artery. The mesencephalic artery formed: the tectal, dorsal rostral cerebellar and dorsal caudal cerebellar arteries. The dorsal spinal artery originated a trigeminal artery. The cerebral arterial circle was rostral and caudally closed with cerebral blood supply provided, exclusively, by the carotid system.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/22679
Arquivos Descrição Formato
000739949.pdf (6.935Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.