Repositório Digital

A- A A+

As narrativas de adolescentes sobre gênero em um ambiente virtual

.

As narrativas de adolescentes sobre gênero em um ambiente virtual

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As narrativas de adolescentes sobre gênero em um ambiente virtual
Outro título Adolescents’ gender narratives in a virtual environment
Autor Bordini, Gabriela Sagebin
Orientador Sperb, Tania Mara
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Adolescente
Identidade de gênero
Internet
Narrativas
[en] Adolescence
[en] Gender
[en] Narratives in interaction
[en] Online focus groups
Resumo A adolescência é um período de redefinição das identidades, incluindo a dimensão de gênero. Nesta pesquisa, procurou-se conhecer as concepções de adolescentes sobre o que é ser homem e ser mulher, a partir de suas próprias narrativas. Participaram 41 adolescentes, com idades entre os 14 e os 15 anos, estudantes de uma escola pública e de uma escola privada de Porto Alegre. Com eles, foram realizados 6 grupos focais online, através do programa de bate-papo MSN: 2 grupos compostos por adolescentes homens, 2 por adolescentes mulheres, e 2 mistos. As narrativas interacionais produzidas pelos grupos foram analisadas, em primeiro lugar, segundo a Análise de Conteúdo temática, que revelou uma predominância dos papéis tradicionais de gênero. Após, um trecho de cada grupo foi microanalisado, evidenciando que a interação fomentada pelos grupos focais promoveu também questionamentos e redefinições dos sentidos comumente atribuídos ao homem e à mulher.
Abstract Adolescence implicates redefinition of identities, including the gender dimension. The goal of this research was to identify teenagers’ conceptions about what does it mean to be a man and a woman, through their own narratives. Participated in the study 41 teenagers, between 14 and 15 years of age, who were students of a public school and of a private school, both located in the city of Porto Alegre. Through the chat software MSN, 6 online focus groups were carried out: 2 groups of young men, 2 of young women, and 2 hibrid groups. The narratives in interaction produced by the groups were analyzed, firstly, by using a thematic content analysis, that revealed a predominance of traditional gender roles. Then, a section of the narratives produced by each group was micro-analyzed, showing that the interaction fostered by the focus-groups promoted questioning and the redefinition of the meanings commonly assigned to men and women.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/22986
Arquivos Descrição Formato
000739238.pdf (520.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.