Repositório Digital

A- A A+

Comparação da expressão gênica do KRAS mutante, KU70, TACSTD2 e SERIN1 em tecidos tumoral e normal de pacientes com câncer colorretal pela técnica de PCR em tempo real

.

Comparação da expressão gênica do KRAS mutante, KU70, TACSTD2 e SERIN1 em tecidos tumoral e normal de pacientes com câncer colorretal pela técnica de PCR em tempo real

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação da expressão gênica do KRAS mutante, KU70, TACSTD2 e SERIN1 em tecidos tumoral e normal de pacientes com câncer colorretal pela técnica de PCR em tempo real
Outro título The comparison of the gene expression of mutant KRAS, KU70, TACSTD2 and SERIN1 in the tumoral and normal tissues of patients with colorectal cancer through the technique of PCR in real time
Autor Ghezzi, Tiago Leal
Orientador Corleta, Oly Campos
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Cirúrgicas.
Assunto Biomarcadores tumorais
Estadiamento de neoplasias
Expressão gênica
Genes neoplásicos
Neoplasias colorretais
Reação em cadeia da polimerase
[en] Biological
[en] Colorectal neoplasms/epidemiology
[en] Cross- sectional studies
[en] DNA
[en] Gene expression
[en] Genes
[en] Intestine
[en] Large/pathology
[en] Molecular biology
[en] Neoplasm
[en] Neoplasm staging
[en] Polymerase chain reaction
[en] Prognosis
[en] RNA
[en] Tumor markers
Resumo INTRODUÇÃO: O estudo das vias moleculares e das alterações específicas responsáveis pela progressão desfavorável de pacientes com CCR parece essencial para o desenvolvimento de terapias mais efetivas. OBJETIVO: Comparar a expressão quantitativa dos genes TACSTD2, Ku70, KRAS mutante e SERIN1 em amostras de tecidos normal e tumoral de pacientes com CCR e relacionar sua expressão com variáveis clínico-patológicas. MÉTODOS: Foram estudados 37 pacientes com CCR submetidos à ressecção cirúrgica entre julho de 2005 e julho de 2009 e cujas amostras congeladas de tecidos tumoral e normal foram armazenadas em um banco de tecidos. Através da RT-PCR foi sintetizado o cDNA a partir do RNA extraído das amostras teciduais. A expressão dos genes TACSTD2, KRAS mutante, Ku70 e SERIN1 foi quantificada pela técnica de PCR em tempo real. RESULTADOS: A expressão do KRAS mutante foi maior no tecido tumoral do que no normal (p = 0,024). A expressão tumoral dos genes Ku70, TACSTD2 e SERIN1 foi respectivamente menor, igual e maior que o tecido normal, porém sem significância estatística. Associação estatisticamente significativa também foi observada entre idade e expressão de KRAS mutante no tecido normal e tumores pouco diferenciados e expressão de Ku70 no tecido normal. Não foram observadas outras associações estatisticamente significativas. CONCLUSÕES: A expressão do KRAS mutante no tecido tumoral é maior do que no tecido normal (p = 0,024) na casuística de 37 pacientes com CCR estudados através da técnica de PCR em tempo real.
Abstract INTRODUCTION: Knowledge of the molecular pathways and of the specific alterations responsible for the unfavorable progression of patients with CCR appears essential for the development of more effective therapies. PURPOSE: To compare the quantitative expression of the genes TACSTD2, mutant KRAS, Ku70 and SERIN1 in samples of normal and tumoral tissues of patients with CCR and to relate their expression to clinicopathologic characteristics. METHODS: 37 patients with CCR were studied. The patients had been operated on between July 2005 and July 2009, and their frozen samples of tumoral and normal tissues had been stored in a tissue bank. The expression of the genes TACSTD2, mutant KRAS, Ku70 and SERIN1 was quantified through the technique of real time polymerase chain reaction. RESULTS: The mutant KRAS expression was higher in the tumoral tissue than in the normal tissue (p = 0,024). Although not significant, the tumoral expression of the genes Ku70, TACSTD2 and SERIN1 was respectively lower, equal to, and higher than in the normal tissue. Statistically significant association was also observed between age and mutant KRAS expression in normal tissue and between poorly-differentiated tumors and Ku70 expression in normal tissue. No other statistically significant associations were observed. CONCLUSIONS: Tumoral tissues express mutant KRAS at higher levels than normal tissues in the casuistic of 37 patients with CCR studied through the technique of PCR real time.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/22996
Arquivos Descrição Formato
000740904.pdf (484.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.