Repositório Digital

A- A A+

Viés atencional para pistas associadas ao comportamento de fumar

.

Viés atencional para pistas associadas ao comportamento de fumar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Viés atencional para pistas associadas ao comportamento de fumar
Autor Peuker, Ana Carolina Wolf Baldino
Orientador Araujo, Lisiane Bizarro
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Abandono do hábito de fumar
Atenção
Processos cognitivos
Recidiva
Tabagismo
[en] Dot-probe task
[en] Nicotine
[en] Selective attention
[en] Smoking
Resumo Tabagistas atendem seletivamente a estímulos ambientais relacionados ao cigarro, um processo cognitivo implícito denominado viés na atenção (VA). Contudo, não está claro se o VA persiste em ex-fumantes. Por isso, avaliou-se a influência do tempo de abstinência no VA em 62 ex-fumantes (de 50±11 anos) através de uma tarefa de atenção visual em computador. Independente do tempo de abstinência, os participantes evitaram as pistas associadas ao tabaco. Esta esquiva foi mais pronunciada em tempos de exposição maiores. Os ex-fumantes também atribuíram pouca valência emocional às imagens associadas ao cigarro e reportaram índices baixos de fissura antes e após a tarefa. O VA negativo e a menor valência emocional destas pistas podem constituir um processo de modulação da atenção típico da abstinência prolongada, no qual estratégias cognitivas são empregadas para manter este estado. Os resultados obtidos contribuem para a compreensão da cognição implícita na adição e sua importância no tratamento e prevenção do tabagismo.
Abstract Smokers selectively attend to smoking-related cues, an implicit cognitive process called attentional bias (AB). However, it is unclear whether former smokers present AB. Therefore, we evaluated the influence of abstinence time in VA in 62 exsmokers (50 ± 11 years-old) through a visual probe task. Participants avoided smoking cues despite of abstinence time. This avoidance was more pronounced in longer stimuli exposition. Former smokers also attributed little emotional valence to smoking cues and reported low craving rates both before and after the task. The negative AB and low emotional valence of smoking cues might constitute a process of attentional modulation typical of longer abstinence, in which cognitive strategies are employed to maintain this state. The results contribute to the understanding of implicit cognition in addiction and its importance to smoking treatment and prevention.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/23009
Arquivos Descrição Formato
000740959.pdf (566.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.