Repositório Digital

A- A A+

Polymerase chain reaction (PCR) for the detection of Salmonella in artificially inoculated chicken meat

.

Polymerase chain reaction (PCR) for the detection of Salmonella in artificially inoculated chicken meat

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Polymerase chain reaction (PCR) for the detection of Salmonella in artificially inoculated chicken meat
Outro título Reação em cadeia pela polimerase (PCR) para detecção de Salmonella em carne de frango artificialmente contaminada
Autor Santos, Luciana Ruschel dos
Nascimento, Vladimir Pinheiro do
Oliveira, Sílvia Dias de
Flores, Maristela Lovato
Pontes, Alexandre Pontes
Ribeiro, Aldemir Reginato
Salle, Carlos Tadeu Pippi
Lopes, Rui Fernando Felix
Resumo O objetivo deste trabalho foi adequar um protocolo de reação em cadeia pela polimerase (PCR) para detecção de Salmonella em carne de frango artificialmente contaminada. Foram realizados ensaios com amostras de carne de frango inoculadas com diluições de Salmonella Typhimurium ou Salmonella Enteritidis (10-7, 10-8 ou 10-9 UFC/mL), procurando-se determinar o limite de detecção da técnica, intervalos de incubação das amostras (0, 6, 8 ou 24 horas de pré-enriquecimento em água peptonada 1%) e três protocolos de extração de DNA (fenolclorofórmio, tratamento térmico ou tratamento térmico e Sephaglass). Foi possível amplificar DNA de Salmonella nas amostras de carne de frango inoculadas inicialmente com diluições de até 10-9 UFC/mL, utilizando-se protocolo de extração de DNA por fenol-clorofórmio e após um período de 24 horas de pré-enriquecimento, totalizando 48 horas de análise. Como os resultados são obtidos mais rapidamente que a cultura, este procedimento será útil na metodologia para detecção de Salmonella em carne de frango.
Abstract The aim of this study was to develop a polymerase chain reaction (PCR) protocol for the detection of Salmonella in artificially contaminated chicken meat. Tests were performed with different dilutions of Salmonella Typhimurium or Salmonella Enteritidis cells (10-7, 10-8 or 10-9 CFU/mL) inoculated in chicken meat samples, in order to establish the limits of detection, incubation times (0, 6, 8 and 24 hours of pre-enrichment in PBW 1%) and three DNA extraction protocols (phenol-chloroform, thermal treatment and thermal treatment and Sephaglass). The assay was able to detect until 10-9 CFU/mL of initial dilution of Salmonella cells inoculated in chicken meat, which allows detection of Salmonella within 48 hours, including 24 hours of pre-enrichment and using the phenol-chloroform DNA extraction protocol. As the results are obtained in a shorter time period than that of microbiological culture, this procedure will be useful in the methodology for detection of Salmonella in chicken.
Contido em Revista do instituto de medicina tropical de sao paulo. São Paulo. Vol. 43, n. 5 (2001), p. 247-250
Assunto Anatomia
[en] Chicken meat
[en] PCR
[en] Salmonella
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/23122
Arquivos Descrição Formato
000327092.pdf (95.13Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.