Repositório Digital

A- A A+

Formações florestais do Parque Estadual de Itapuã, Rio Grande do Sul : caracterização do habitat do bugio-ruivo (Alouatta clamitans CABRERA, 1940)

.

Formações florestais do Parque Estadual de Itapuã, Rio Grande do Sul : caracterização do habitat do bugio-ruivo (Alouatta clamitans CABRERA, 1940)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Formações florestais do Parque Estadual de Itapuã, Rio Grande do Sul : caracterização do habitat do bugio-ruivo (Alouatta clamitans CABRERA, 1940)
Autor Buss, Gerson
Leite, Sergio Luiz de Carvalho
Romanowski, Helena Piccoli
Resumo Este estudo teve como objetivo (i) caracterizar as diferentes formações florestais do Morro do Campista, no Parque Estadual de Itapuã, Viamão, RS, e (ii) analisar aspectos relacionados à composição e estrutura dessas formações florestais que podem influenciar na densidade do bugio-ruivo (Alouatta clamitans). Foi empregado o método da transecção com amostragem por pontos para a coleta de dados relativos à caracterização do hábitat. Utilizaram-se parcelas circulares com 6 m de raio (113 m2), num total de 107 unidades amostrais, incluindo-se todos os espécimes vegetais com diâmetro à altura do peito (DAP) superior a 10 cm. Foi feita a classificação da fitofisionomia de cada unidade amostral. Analisaram-se parâmetros fitossociológicos e o índice de diversidade de Shannon-Wiener para cada formação. Caracterizaram-se quatro formações florestais: higrófila, mesohigrófila, subxerófila e psamófila. Foram amostrados 1.038 indivíduos pertencentes a 70 espécies e 32 famílias. Destas, 45 espécies estão presentes na dieta do bugio-ruivo. Em cada formação florestal, foi analisada a presença de espécies usadas como fonte de recursos alimentares pelo bugio-ruivo (A. clamitans). Guapira opposita, integrante da dieta deste primata, constituiu-se na espécie mais importante entre as formações. Observaram-se diferenças na estrutura e composição florística das formações florestais presentes no Morro do Campista. Estas diferenças podem resultar em variações na densidade e no uso do habitat pelos grupos de bugio-ruivos presentes na área, os quais podem influenciar na propagação e distribuição das espécies vegetais.
Abstract This study aimed to (i) characterize the different forest formations of the ‘Morro do Campista’, Parque Estadual de Itapuã, Viamão, RS, and to (ii) assess aspects related to the composition and the structures of these forest formations that can be influence the density and habitat use of the brown howler monkey (Alouatta clamitans). The transect point sampling method was used to gather data on habitat characterization. Round plots of 6m ratio (113 m2) were used, summing up 107 sampling units. In each unit, all the specimens with a diameter at breast height (DBH) wider than 10cm were registered. The physiognomy of the vegetation of each sampling unit was classified. The phytosociological parameters and Shannon-Wiener diversity index of each formation were assessed. Four forest formations were characterized: hygrophilous, mesophilous, subxerophilous and psamophilous. 1038 individuals of 70 species distributed in 32 families were sampled; amog these, 45 species are included in the diet of the brown howler �(A. clamitans) At each forest formation, the occurrence of species used as a food resource by the brown howler monkey was evaluated. Guapira opposita, one of the items of this monkeys’s diet, was the most important species in all formations. Differences were observed in the structure and floristic composition of the forest formations at the ‘Morro do Campista’. These differences might influence density variations and habitat use by the brown howler monkey groups present in the area, which may have an important effect on the dispersal and distribution of the plant species in the area.
Contido em Revista Brasileira de Biociências : Brazilian Journal of Biosciences. Vol. 7, n. 3 (jul./set. 2009), p. 291-304
Assunto Alouatta clamitans
Densidade populacional
Fitossociologia
Parque Estadual de Itapuã (Viamão, RS)
[en] Conservation unit
[en] Floristic structure and composition
[en] Forests
[en] Phytosociology
[en] Primates
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/23234
Arquivos Descrição Formato
000739653.pdf (1.614Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.