Repositório Digital

A- A A+

Modelo preditivo de sobrevivência do Mexilhão Dourado (Limnoperna fortunei) em relação a variações de salinidade na Laguna dos Patos, RS, Brasil

.

Modelo preditivo de sobrevivência do Mexilhão Dourado (Limnoperna fortunei) em relação a variações de salinidade na Laguna dos Patos, RS, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelo preditivo de sobrevivência do Mexilhão Dourado (Limnoperna fortunei) em relação a variações de salinidade na Laguna dos Patos, RS, Brasil
Outro título Predictive model of survival of the Golden Mussel (Limnoperna fortunei) in relation to variations of salinity in the Laguna dos Patos, RS, Brazil
Autor Barbosa, Fabiana Gonçalves
Melo, Adriano Sanches
Resumo Limnoperna fortunei (mexilhão dourado), um bivalve de água doce do sudeste da Ásia, invadiu o sul da América do Sul em torno de 1991. Dados de ocorrência da espécie e salinidade ao longo do ano foram usados para predizer o potencial de sobrevivência de L. fortunei na Laguna dos Patos, RS. Um modelo preditivo foi construído usando regressão logística. Obtivemos na literatura 26 registros de presença (vivo, morto) de L. fortunei e valores de salinidade medidos em cada um destes registros na Laguna dos Patos entre o período de 2001 a 2004. Registros adicionais de salinidade foram utilizados para interpolar os valores por toda a Laguna dos Patos. Sobrevivência de L. fortunei diminui quando a salinidade aumenta na Laguna dos Patos. Os mapas de distribuição predita das áreas favoráveis à sobrevivência de L. fortunei indicam que durante os períodos de baixas salinidades as regiões límnica, pré-límnica e estuarina da laguna mostraram-se favoráveis para a sobrevivência da espécie. Nos períodos de altas salinidades (verão) a sobrevivência do molusco é favorável apenas na região límnica e na região pré-límnica. Estes resultados sugerem que o controle mais efetivo desta espécie deve ser feito durante o verão.
Abstract Limnoperna fortunei (golden mussel), a freshwater bivalve native to Southeast Asia, invaded southern South America around 1991. Using species’ occurrence records and salinity in different seasons in Laguna dos Patos, RS, Brazil, we predict survival probabilities in different regions of the lagoon during the different seasons of the year. We fitted the data to a logistic regression model. A total of 26 presence records (live, dead) of L. fortunei and salinity at those locations were obtained from the literature for the Laguna dos Patos in the period 2001-2004. Additional data on salinity were used to interpolate salinity values to all regions of the lagoon. The logistic regression model shows that survival decreases as salinity increases. The model predicted high survival probability of the species during periods of low salinity (austral winter) in the limnic, pre-limnic and estuarine regions of the lagoon. During the high salinity period (summer), the species is able to survive only in the limnic and pre-limnic region of the lagoon. These data suggest that control measures should be carried out most effectively during the summer.
Contido em Biota Neotropica. Vol. 9, n. 3 (jul./set. 2009), p. 407-412
Assunto Limnoperna fortunei
Mexilhoes
Patos, Lagoa dos (RS)
Salinidade
[en] Biological invasion
[en] Exotic species
[en] Invasive mussel
[en] Logistic regression
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/23304
Arquivos Descrição Formato
000730651.pdf (312.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.