Repositório Digital

A- A A+

An alkaline single-cell gel electrophoresis (comet) assay for environmental biomonitoring with native rodents

.

An alkaline single-cell gel electrophoresis (comet) assay for environmental biomonitoring with native rodents

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título An alkaline single-cell gel electrophoresis (comet) assay for environmental biomonitoring with native rodents
Autor Silva, Juliana da
Freitas, Thales Renato Ochotorena de
Marinho, Jorge Reppold
Speit, Günter
Erdtmann, Bernardo
Resumo A mais importante vantagem do Ensaio Cometa é a possibilidade do seu uso em qualquer organismo e tipo celular. Além de ser barato e rápido, se obtem resultados em poucas horas. Devido a isto é que ele vem sendo recomendado como teste inicial para monitoramento genotóxico ambiental. Neste trabalho investigaram-se adaptações na técnica para trabalhos de campo, com o uso de roedores endêmicos de região de mineração de carvão. O organismo utilizado foi o Ctenomys torquatus, capturado em duas diferentes áreas: Pelotas (região sem mineração de carvão-controle) e Candiota (zona de mineração de carvão). Foi coletado sangue periférico de 18 roedores, que após marcação foram liberados. O sangue foi protegido da luz e mantido sob refrigeração, e processado in loco. As concentrações das agaroses e as condições alcalinas de lise e eletroforese foram modificadas a partir das metodologias sugeridas pelas revisões existentes. As amostras restantes foram mantidas em RPMI 1640 (1:10) (4oC) e pela nossa experiência podem ser utilizadas por até 4 dias. Foram analisadas 50 células por animal. As células foram classificadas de 0-4, segundo seu grau de lesão, além de serem medidas em unidades arbitrárias. Foi demonstrado aumento significante no nível de dano do DNA no grupo de Candiota (P < 0,05 - teste t), quando comparado com Pelotas. Ainda se demonstrou correlação entre o índice de danos e as medidas celulares. Estes resultados, neste estudo piloto, indicam que o carvão induz efeitos no DNA que são detectáveis através do Ensaio Cometa, o que indica a viabilidade deste teste para o biomonitoramento ambiental.
Abstract The main advantages of single-cell gel electrophoresis (SCG) are its applicability to any eukaryotic organism and cell type, its low cost and the short time required to obtain results. These properties make the SCG assay particularly useful in screening for environmental genotoxicity. The present study describes a modified version of this technique for use in field work with native rodents and examines some factors which influence the outcome of the assay. Wild rodents (Ctenomys torquatus, “tuco-tuco”) from a region close to a strip coal mine and from a region with no coal mines were used. Animals from the coal mining region had significantly more DNA damage than those from the control area. The use of this SCG technique for direct sampling in the field should facilitate environmental genotoxicity studies with natural populations, without the need to remove the animals from their habitat or to sacrifice them.
Contido em Genetics and molecular biology. Ribeirão Preto. Vol. 23, no.1 (Mar. 2000), p. 241-245
Assunto Genética
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/23363
Arquivos Descrição Formato
000297142.pdf (180.4Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.