Repositório Digital

A- A A+

Cuidado e diferença : da integralidade à fragmentação do ser

.

Cuidado e diferença : da integralidade à fragmentação do ser

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Cuidado e diferença : da integralidade à fragmentação do ser
Outro título Care and difference – from integratility to fragmentation of being
Autor Meyer, Dagmar Elisabeth Estermann
Resumo Com este artigo, pretendo aliar-me aos estudiosos e estudiosas que têm discutido a temática da diferença e da identidade, com o objetivo de problematizar algumas dimensões do saber/fazer Enfermagem, na contemporaneidade. Para tanto, assumo como referencial teórico-analítico as vertentes dos Estudos Culturais e de Gênero que fazem uma aproximação crítica com o Pós- Estruturalismo. Contrapondo alguns elementos ou aspectos constitutivos das atuais teorizações acerca do Cuidado a esse referencial, argumento que pensar o cuidado na perspectiva da diferença supõe aceitar o desafio de deixar de pensá-lo como uma ação balisada por pressupostos científicos, filosóficos e humanitários universais, essencialistas e desinteressados, para teorizá-lo e exercitá-lo como uma ação fundamentalmente política.
Abstract With this paper I intend to join to theorists who have discussed issues of difference and identity, with the aim of problematising some of the knowing/doing dimensions of nursing in contemporaneity. I am using as an analytical-theoretical background the Cultural Studies and Gender theories that develop a critical approach to post-structuralism. In the light of such a background I analyse some elements or constitutive aspects of the current theories on Care. I argue that to think care from the perspective of difference is to accept the challenge of not thinking about it as an action underpinned by scientific, philosophical and universal humanitarian assumptions, and start its theorisation and exercise as an action that is fundamentally political.
Resumen Con este artículo, pretendo unirme a los estudiosos y estudiosas que estan discutiendo la temática de la diferencia y de la identidad, con el objetivo de discernir algunas dimensiones del saber/hacer enfermería, en la contemporaneidad.Por tanto, asumo como referencia teórico-analítica las vertientes de los Estudios Culturales y de Género que hacen una aproximación crítica con el pos-estructuralismo. Contraponiendo algunos elementos o aspectos que constituyen las actuales teorizaciones cerca del Cuidado a ese referencial, argumento que pensar el cuidado en la perspectiva de la diferencia supone aceptar el desafio de dejar de pensarlo como una accíon respaldada por presupuestos científicos, filosóficos y humanitarios universales, esenciales y desinteresados, para teorizarlo y ejercitarlo como una accíon fundamentalmente política.
Contido em Revista gaúcha de enfermagem. Porto Alegre. Vol. 22, n. 2 (jul. 2001), p. 21-38
Assunto Cuidados de enfermagem
Diversidade cultural
Identidade de gênero
[en] Care in nursing
[en] Cuidado de enfermeria
[en] Cultural and gender studies
[en] Diferencia y identidad
[en] Difference and identity
[en] Estudios culturales y de género
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/23471
Arquivos Descrição Formato
000326317.pdf (50.16Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.