Repositório Digital

A- A A+

Detecção de depressão em hospital geral universitário : comparação entre 1987 e 2002

.

Detecção de depressão em hospital geral universitário : comparação entre 1987 e 2002

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Detecção de depressão em hospital geral universitário : comparação entre 1987 e 2002
Outro título Detección de depresión en un hospital general universitario: comparación entre 1987 y 2002
Outro título Depression detection in a general university hospital: comparison of data between 1987 and 2002
Autor Goldim, José Roberto
Fleck, Marcelo Pio de Almeida
Eizirik, Claudio Laks
Machado, Sérgio Carlos Eduardo Pinto
Resumo Foi realizado um estudo transversal para detecção de depressão em 299 pacientes não-psiquiátricos internados em 2002 no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, retomando estudo semelhante feito em 1987. Para detecção de depressão foram utilizados: PRIME-MD e Beck Depression Inventory. Após a alta foram revisados os registros médicos e de enfermagem, buscando referências de sintomas depressivos e/ou diagnóstico de depressão. Foi verificada uma prevalência de 34,6% de depressão com o PRIME-MD, e de 20,1% com o BDI. A comparação 1987 e 2002 evidenciou o mesmo perfil de sub-diagnóstico. No artigo são apresentadas considerações e alternativas para esta deficiência mais uma vez detectada.
Resumen Un estudio transversal para la detección de depresión en 299 pacientes internos no-psiquiátricos del Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Brasil fue realizado en 2002, retomando estudio semejante hecho en 1987. Para detección de depresión fueron utilizados los instrumentos: PRIME-MD y Beck Depression Inventory. Después del alta del paciente fueron revisados los apuntes médicos y de enfermería buscando referencias de síntomas depresivos y/o diagnóstico de depresión. La prevalencia de depresión fue de 34,6% con el PRIME-MD y de 20,1% con el BDI. La comparación 1987 y 2002 mostró el mismo perfil de pérdida diagnóstica. En el artículo son presentadas consideraciones y alternativas para esta deficiencia otra vez más detectada.
Abstract A cross-sectional study was made at Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Brazil to detect depression in 299 non-psychiatric inpatients in 2002. This study was similar to another one made in 1987. In order to detect depression, PRIME-MD and Beck Depression Inventory were used. After discharge from the hospital, a survey was made in patient records set down by physicians and nurses looking for references on depression symptoms and/or diagnosis. The prevalence of depression was 34.6% (PRIME-MD) and 20.1% (BDI). A comparison between the data from 1987 and 2002 showed the same pattern of under-diagnosis. The paper presents considerations and alternatives to this same deficiency detected once again.
Contido em Revista Gaúcha de Enfermagem. Porto Alegre. Vol. 24, n. 2 (ago. 2003), p. 209-214
Assunto Depressão
Diagnóstico
Pesquisa
[en] Depression
[en] Diagnosis
[en] Research
[es] Depresión
[es] Diagnóstico
[es] Investigación
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/23516
Arquivos Descrição Formato
000397629.pdf (38.53Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.