Repositório Digital

A- A A+

Geomorfologia e sedimentologia dos depósitos sedimentares recentes da porção superior do Estuário do Rio Pará (Baía de Marajó, Amazônia)

.

Geomorfologia e sedimentologia dos depósitos sedimentares recentes da porção superior do Estuário do Rio Pará (Baía de Marajó, Amazônia)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Geomorfologia e sedimentologia dos depósitos sedimentares recentes da porção superior do Estuário do Rio Pará (Baía de Marajó, Amazônia)
Autor Martins, Silvio Eduardo Matos
Orientador Correa, Iran Carlos Stalliviere
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Geologia costeira
Geomorfologia
Marajó, Ilha de (PA)
Sedimento costeiro
[en] Geomorphology
[en] Marajó bay
[en] Mineralogy
[en] Recent sediments
[en] Sedimentology
Resumo A dissertação visa caracterizar os depósitos sedimentares superficiais da planície arenosa de maré e de fundo/canal da porção superior da baía de Marajó, na área de influencia do Porto de Vila do Conde quanto sua geomorfologia, distribuição sedimentar e assembléia mineralógica de fundo, com ênfase nos minerais pesados. Os sedimentos foram classificados em nove classes texturais. A granulometria variou de argila à matacão. Os principais minerais pesados que ocorrem nos depósitos superficiais são: zircão, estaurolita, turmalina, cianita, granada e rutilo. Secundariamente ocorrem sillimanita, andaluzita, epidoto, apatita, topázio, muscovita, tremolita-actinolita, hornblenda, diopsídio, monazita, augita e biotita. Os grãos de estaurolita, zircão, turmalina e cianita apresentam ampla distribuição em todas as amostras dos sedimentos de fundo e planície. A assembléia mineralógica de pesados indica mais de uma área fonte de sedimentos. As feições geomorfológicas do curso fluvial estudado puderam ser descritas quanto suas formas, profundidades e composições sedimentares. A distribuição sedimentológica apresenta estreita relação com a morfologia e, sobretudo, evidencia as características de alta hidrodinâmica para esta área. Os sedimentos nas planícies de maré arenosas, localmente denominadas de “praias” de uma forma geral, ocorrem pela deposição de material arenoso fino, mal selecionado. Tais áreas, continuamente, recebem sedimento, de origem terciária, devido à proximidade com os afloramentos do grupo Barreiras. A suíte de minerais indica uma proveniência potencial de rochas metassedimentares, metamórficas de alto, médio e baixo grau e ígneas que afloram nas adjacências da área, tais quais de forma primaria a formação Barreiras e pós-Barreiras e secundariamente o complexo cristalino Xingu e o grupo Tocantins.
Abstract The dissertation aims to characterize the bottom sediments deposits of the tidal sandy plain and bottom/channel of the upper portion Marajó Bay, in area of the port of Vila do Conde about your geomorphology, sediment distribution and mineralogical assembly background, with emphasis on heavy minerals. The sediments were classified into nine textural classes. The particle size ranged from clay to boulder. The main heavy minerals that occur in the superficial deposits are zircon, staurolite, tourmaline, kyanite, garnet and rutile. Secondly occur sillimanite, andalusite, epidote, apatite, topaz, muscovite, tremolite-actinolite, hornblende, diopside, monazite, augite and biotite. The grains of staurolite, zircon, tourmaline and kyanite are widely distributed in all samples of bottom and tidal plain sediments. The heavy mineral assemblage indicates more than one source area of sediments. The geomorphological features of the studied river course could be described as their shapes, depths and sedimentary compositions. Features of sedimentological distribution are closely related to the morphology and, especially, highlights high hydrodynamics for this area. The sediments in sandy tidal flats, locally called "beaches" in general, occur by the deposition of fine sandy material, poorly selected. Such areas continuously receive sediment of Tertiary origin, due to the proximity of the outcrops of the Barriers group. The mineral suite indicates a potential provenance, metasedimentary rocks, metamorphic high, medium and low grade and igneous rocks that outcrop in the vicinity of the area, in a primary form the Barriers formation and post-Barriers and, then the Xingu crystalline complex and Tocantins group.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/23751
Arquivos Descrição Formato
000742807.pdf (9.139Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.