Repositório Digital

A- A A+

Efeito da administração de anestésicos gerais, associado ou não ao procedimento cirúrgico, sobre : parâmetros comportamentais, atividades E-NTPdásica e de ecto-5'nucleotidase em medula espinhal de ratos

.

Efeito da administração de anestésicos gerais, associado ou não ao procedimento cirúrgico, sobre : parâmetros comportamentais, atividades E-NTPdásica e de ecto-5'nucleotidase em medula espinhal de ratos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito da administração de anestésicos gerais, associado ou não ao procedimento cirúrgico, sobre : parâmetros comportamentais, atividades E-NTPdásica e de ecto-5'nucleotidase em medula espinhal de ratos
Autor Medeiros, Liciane Fernandes
Orientador Torres, Iraci Lucena da Silva
Co-orientador Battastini, Ana Maria Oliveira
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Fisiologia.
Assunto 5'-nucleotidase
Anestésicos
Cirurgia
Comportamento animal
Dor
Medula espinal
Resumo Devido a dificuldades técnicas de modelagem experimental e de aferição de dor, até os anos 70, acreditava-se que recém-nascidos e lactentes jovens não teriam maturidade neurológica para conduzir, de forma adequada, os estímulos dolorosos; portanto, não sentiam dor. Recentes estudos, focados na área de neurobiologia do desenvolvimento, têm demonstrado como as informações sensoriais são processadas no início da vida e que dor intensa ou persistente no prematuro ou neonato pode provocar alterações de comportamento e percepção da dor que podem persistir no decorrer da vida. Considerando a relevância do tema, este trabalho teve como objetivo avaliar possíveis alterações comportamentais e bioquímicas, a partir de uma intervenção farmacológica com anestésicos gerais, acompanhados ou não de procedimento cirúrgico realizado no 14°dia de vida do animal. Foram utilizadas 40 ninhadas padronizadas com 8 ratos Wistar machos. O modelo cirúrgico utilizado foi descrito por Levine, modificado por Rice et al. (1981), porém sem a oclusão da carótida. Para as avaliações comportamentais foram utilizados os testes de campo aberto, labirinto em cruz elevado, tail-flick e formalina. O parâmetro bioquímico avaliado foi atividade das enzimas E-NTPDases e ecto-5’nucleotidase. Este trabalho foi dividido em dois desenhos experimentais. No primeiro, os animais foram divididos em 3 grupos: controle (O2), anestesia (isoflurano), anestesia/cirurgia (isoflurano/cirurgia); no segundo, os animais foram divididos em 3 grupos: controle (salina), anestesia (cetamina S+/fentanil), anestesia/cirurgia (cetamina S+/fentanil/cirurgia). Os animais que receberam isoflurano apresentaram aumento na atividade locomotora em P14 e P30 e maior analgesia no tail-flick em P14 e P60, associados a uma diminuição da hidrólise de ATP, ADP e AMP em P14. É importante salientar que o procedimento cirúrgico reverteu a diminuição na hidrólise do ATP e do ADP. Os animais que receberam cetamina S+/fentanil (CF) apresentaram diminuição do nível de ansiedade (P30 e P60) e maior analgesia no tail-flick (P30), associadas a aumento da hidrólise de ATP e AMP, o procedimento cirúrgico reverteu o efeito observado no ATP. Esses resultados indicam que manipulações farmacológicas com anestésicos gerais, como as utilizadas nesta dissertação, em um período de maturação do sistema nervoso central, promovem alterações que podem ser percebidas ao longo da vida do animal. Os anestésicos são capazes de interagir com uma variedade de sistemas neuronais, incluindo sistemas GABAérgico, glicinérgico, colinérgico e glutamatérgico, e alterações em número e/ou afinidade de receptores destes sistemas podem estar contribuindo com os resultados obtidos nesta dissertação. No entanto, as técnicas utilizadas neste estudo não nos permitem determinar os mecanismos de neurotransmissão suscetíveis à exposição a anestésicos gerais, associado ou não ao procedimento cirúrgico, em animais com 14 dias, e envolvidos nas alterações observadas nas respostas comportamentais e bioquímicas em curto, médio e longo prazos. Novos estudos são necessários para melhor elucidar os resultados obtidos.
Abstract Due to technical difficulties of modeling and experimental measurement of pain, until the 70th decade, it was thought that newborns and young infants would not have neurological maturity to drive properly painful stimuli, so they felt no pain. Recent studies focused on the area of developmental neurobiology have shown how sensory information is processed at the beginning of life and severe or persistent pain in premature or newborn may cause changes in behavior and perception of pain that can persist throughout life. Considering the relevance of the theme of this work, it was evaluated possible behavioral and biochemical changes from a pharmacological intervention with general anesthetics, associated or not with surgical procedure performed on the 14th day of life of the animal. Fourty litters were used with standard 8 male Wistar rats. The surgical model used was described by Levine, modified by Rice et al. (1981), but without carotid occlusion. For behavioral assessments the open-field, elevated plus-maze, tail-flick and formalin were performed. The biochemical parameters evaluated was the enzymatic activity of E-NTPDases and ecto-5'nucleotidase. This work was divided into two experimental designs: the first, the animals were divided into 3 groups: control (O2), anesthesia (isoflurane), anesthesia / surgery (isoflurane / surgery); in the second, the animals were divided into 3 groups: control (saline), anesthesia (ketamine S+/fentanyl), anesthesia / surgery (ketamine S+/fentanyl / surgery). The animals that received isoflurane showed an increase in locomotor activity in P14 and P30 and greater analgesia in tail-flick in P14 and P60, associated with decreased hydrolysis of ATP, ADP and AMP in P14. It is important to note that the surgery reversed the decrease in the hydrolysis of ATP and ADP. The animals that received ketamine S+/fentanyl had decreased levels of anxiety (P30 and P60) and greater analgesia in tail-flick (P30) associated with increased ATP hydrolysis and AMP, the surgery reversed the effect observed in the ATP. These results indicate that pharmacological manipulation with general anesthetics, such as those used in this work, in a period of maturation of the central nervous system, can promote changes which could be seen throughout the animal's life. Anesthetics are able to interact with a variety of neuronal systems, including systems GABAergic, glycinergic, glutamatergic and cholinergic, and changes in the level of receptors of these systems in numbers and / or affinity may be contributing to the results obtained in this dissertation. However, the techniques used in this study did not allow us to determine the mechanisms of neurotransmission susceptible to exposure to general anesthetics in association or not surgery in animals with 14 days and involved in the observed changes in behavioral and biochemical alterations in short, medium and long term. Further studies are needed to further elucidate the results.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/23757
Arquivos Descrição Formato
000743664.pdf (1.878Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.