Repositório Digital

A- A A+

O efeito do tratamento periodontal sobre os níveis de proteína C-reativa durante a gestação : um ensaio clínico randomizado

.

O efeito do tratamento periodontal sobre os níveis de proteína C-reativa durante a gestação : um ensaio clínico randomizado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O efeito do tratamento periodontal sobre os níveis de proteína C-reativa durante a gestação : um ensaio clínico randomizado
Autor Rocha, José Mariano da
Orientador Rösing, Cassiano Kuchenbecker
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Odontologia : Na gravidez
Periodontia : Doencas : Tratamento
[en] Acute phase proteins
[en] Periodontal treatment
[en] Pregnancy
Resumo A associação entre doenças periodontais e desfechos adversos durante a gestação tem ganho grande atenção nos últimos anos. Apesar da maior parte dos estudos mostrar uma relação entre doença periodontal e parto prematuro, estudos que avaliam o impacto do tratamento periodontal nem sempre tem encontrado reduções nas taxas de prematuridade. A explicação para este fato pode estar no impacto do tratamento periodontal sobre mediadores inflamatórios relacionados aos mecanismos dos desfechos adversos durante a gestação. Por este motivo, o estudo de marcadores inflamatórios, como a proteína C-reativa, é de suma importância para a melhor compreensão do impacto inflamatório sistêmico do tratamento periodontal em gestantes. O objetivo deste estudo foi comparar os níveis sistêmicos de PCR em gestantes que receberam ou não tratamento periodontal. Esta dissertação consiste na avaliação dos níveis de PCR de 89 gestantes que receberam tratamento periodontal durante (grupo teste, n=44) ou após a gestação (grupo controle, n=45). Foram realizados dois exames periodontais completos, o primeiro em um momento anterior à 20° semana de gestação e o segundo entre a 26a e a 28a semanas de gestação. As pacientes do grupo teste receberam tratamento periodontal que incluiu raspagem e alisamento supra e subgengivais e instrução para higiene bucal. Consultas de controle para deplacagem profissional e instrução de higiene bucal foram realizadas após o tratamento até o exame final, de acordo com necessidades individuais. Os níveis de PCR foram avaliados através de imunoturbidimetria. Nenhuma diferença estatisticamente significante foi encontrada entre os grupos nos níveis de PCR nos exames inicial e final (p=0.06 e p=0.19, respectivamente). A redução média encontrada nos níveis de PCR foi de 1.93mg/L (±9.69) e 0.44mg/L (±5.44) nos grupos teste e controle, respectivamente. Essas diferenças não foram estatisticamente significativas (p=0.38). O tratamento periodontal durante a gestação reduziu significativamente os parâmetros clínicos periodontais. Esta melhora clínica não apresentou um impacto significativo sobre os níveis sistêmicos de PCR.
Abstract The association between periodontal diseases and adverse pregnancy outcomes has been subject of great attention in recent years. Although most studies have shown an association between periodontal diseases and premature birth, studies assessing the impact of periodontal treatment have not found a reduction in these figures. The explanation for this may lie on the impact of periodontal treatment on inflammatory mediators associated with the mechanisms of adverse pregnancy outcomes. For this reason, the study of inflammatory markers such as C-reactive protein is of paramount importance for better comprehension of the impact of systemic inflammatory periodontal treatment in pregnant women. The aim of this study was to compare the systemic levels of CRP in pregnant women who received or not periodontal treatment. This paper was based in the assessment of CRP levels of 89 pregnant women who received periodontal treatment during (test group, n = 44) or after pregnancy (control group, n = 45). Two periodontal examinations were performed, before of 20 weeks of gestation and the second between the 26th and 28th weeks of gestation. Patients in the test group received treatment that included periodontal scaling and root planing and hygiene instructions. Professional cleaning and oral hygiene instruction were performed after treatment until the final exam, according to individual needs. CRP levels were evaluated by immunoturbidimetry. No statistically significant difference was found between the groups for the levels of CRP in the initial and final examinations (p=0.06 and p=0.19, respectively). The average reduction found in CRP was 1.93mg / L (± 9.69) and 0.44mg / L (± 5.44) in test and control groups, respectively. These differences were not statistically significant (p = 0.38). The periodontal treatment during pregnancy significantly reduced the clinical periodontal parameters, but this clinical improvement did not result in a significant reduction on the systemic levels of CRP.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/23894
Arquivos Descrição Formato
000743290.pdf (595.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.