Repositório Digital

A- A A+

O herói das memórias : análise em Memórias Póstumas de Brás Cubas e Memórias de um Sargento de Milícias

.

O herói das memórias : análise em Memórias Póstumas de Brás Cubas e Memórias de um Sargento de Milícias

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O herói das memórias : análise em Memórias Póstumas de Brás Cubas e Memórias de um Sargento de Milícias
Autor Siqueira, Léa Rodrigues
Orientador Rebello, Lúcia Sá
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Almeida, Manuel Antônio de, 1831-1861, Memórias de um sargento de milícias : Crítica e interpretação
Assis, Machado de, 1839-1908, Memórias póstumas de Brás Cubas : Crítica e interpretação
Herói
Intertextualidade
Literatura brasileira
Literatura comparada
Teoria literária
[es] Héroe
[es] Intertextualidad
[es] Machado de Assis
[es] Manuel Antonio de Almeida
[es] Memoria
Resumo Este trabalho pretende traçar um paralelo entre as obras Memórias de um Sargento de Milícias e Memórias Póstumas de Brás Cubas, romances que inauguram uma renovação na prosa brasileira, rompendo com o modelo da tradição e nos apresentando “heróis” que a rigor não deveriam receber essa designação. Nesse estudo comparativo, procurarei apontar algumas características dessa figura tão singular “o herói das memórias” ressaltando como, em obras de cunho memorialista os autores construíram suas “memórias” e conceberam seus “heróis”. Tem-se como objetivo desenvolver análise sobre as relações entre literatura e memória, verificar o modo como são caracterizados os narradores nos textos selecionados, verificar técnicas e procedimentos por meio dos quais esses narradores estruturam suas narrativas, bem como o efeito que desejam ou conseguem provocar em seus leitores, e estabelecer um paralelo entre os textos literários analisados no que se refere aos aspectos mencionados. Procura-se, além disso, refletir acerca desses intertextos e das condições em que foram produzidas as obras, levando em consideração suas relações com a memória.
Resumen Este trabajo anhela trazar una comparación entre Memórias de um Sargento de Milícias y Memórias Póstumas de Brás Cubas, romances que inauguran una renovación en la prosa brasileña rompiendo con el modelo de la tradicción y nos exhibiendo “héroes” que al rigor no deberían recibir esa designación. En ese estudio comparativo, intentaré apuntar algunas características de esa imagen tan singular “el héroe de las memorias” resaltando como en obras de cuño memorialista los autores construyeran sus “memorias” y concibieron sus “héroes”. Se tiene como objetivo desenvolver análisis sobre las relaciones entre literatura y memoria, verificar el modo como son caracterizados los narradores en los textos selectivos, verificar técnicas y procedimientos por medio de los cuales eses narradores estructuran sus narrativas, bien como el efecto que desean o consiguen provocar en sus lectores, y establecer una comparación entre los textos literarios analizados en el que si refiere a los aspectos mencionados. Procurase, además de eso reflejar acerca de esos intertextos y de las condiciones en que fueron producidas las obras, levando en consideración sus relaciones con la memoria.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/24017
Arquivos Descrição Formato
000742097.pdf (500.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.