Repositório Digital

A- A A+

Estratégias para buscar informações e atitudes criadoras

.

Estratégias para buscar informações e atitudes criadoras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estratégias para buscar informações e atitudes criadoras
Autor Osowski, Cecília Irene
Orientador Marques, Juracy Cunegatto
Data 1976
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Criatividade
Psicologia da educação
Resumo O objetivo básico dessa pesquisa é verificar se havia diferença no índice das atitudes criadoras de curiosidade e tolerância à ambiguidade, quando o professor desenvolve a estratégia para buscar informações e se essas atitudes criadoras relacionam-se com o índice de criatividade alcançado pelos sujeitos. Para amostragem, foram sorteadas aleatoriamente 4 turmas que constituíram o grupo experimental e outras 4, o grupo de controle. Devido às perdas ao longo da coleta de dados, o grupo total de sujeitos foi de 225 alunos, cursando a 4ª série do 1º grau, em 1975, numa escola particular de Porto Alegre. O experimento teve a duração de 8 semanas, consistindo-se basicamente em: aplicação do pré-teste nos alunos, treinamento e desenvolvimento da estratégia para buscar informações em sala de aula, pelos professores do grupo experimental, e aplicação do pós-teste. Estatísticas paramétricas foram utilizadas, devido à natureza dos dados, os quais foram coletados através de quatro instrumentos. Os resultados indicaram que entre o grupo de controle e o grupo experimental, não houve diferença significativa produzida pela estratégia para buscar informações. Foi constatado que sujeitos com maior índice de criatividade apresentaram maior índice de atitudes criadoras. Foram analisadas outras variáveis coma sexo, idade, nível sócio-econômico e conceito final. Os resultados encontrados também permitiram a validação do teste de criatividade elaborado por Ott (1975).
Abstract The basic objective of this research, was to verify if there was any difference between the rate of the creative attitudes of curiosity and tolerance to ambiguity, when the teacher developed the strategy to get information and if these creative attitudes had any relation to the rate of creativity reached by the subjects. Four groups, that formed the experimental group were aleatorily selected and the other four formed the group of control. Due to losses along the collection of data, the total group of subjects was of 225 students, attending the Elementary 4th. grade in 1975, in a private school in P.A. The experiment lasted 8 weeks, consisting basically of: the application of the pre-test to the students; training and development of the strategy to get information in class by the teacher of the experimental group and the application of the post-test. Parametric statistics were used, due to the nature of the data, which were collected through four instruments. The results indicated that, between the control and the experimental groups, there wasn't any significant difference produced by the strategy to reach information. It was noted that the subjects with higher rate of creativity presented a higher rate of creative attitudes. Other variations, such as sex, age, social-economic level and final grade were analyzed. The results reached, also allowed the validation of the creativity test elaborated by Ott (1975).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/24104
Arquivos Descrição Formato
000157795.pdf (9.822Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.