Repositório Digital

A- A A+

Aerodinâmica de pontes estaiadas: : influência da chuva e do vento nos cabos

.

Aerodinâmica de pontes estaiadas: : influência da chuva e do vento nos cabos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aerodinâmica de pontes estaiadas: : influência da chuva e do vento nos cabos
Autor Beneduzi, Lorenzo Campello
Orientador Loredo-Souza, Acir Mércio
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Uma das grandes dificuldades ao se projetar pontes estaiadas é a consideração da influência do efeito do vento sobre estas, e este fenômeno, quando ocorre simultaneamente com a chuva, torna-se uma parte muito importante no dimensionamento destas estruturas. Assim, este trabalho tem como objetivo verificar a influência da ação do vento combinada com a chuva em cabos de pontes estaiadas quanto à determinação do coeficiente de arrasto e da amplitude de deslocamentos dos cabos. Foram utilizados dados obtidos tanto no Túnel de Vento Prof. Joaquim Blessmann, localizado no Laboratório de Aerodinâmica das Construções da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, como em estudos realizados no exterior. Foram verificadas as influências da velocidade e do ângulo de incidência do vento para a determinação das posições dos filetes d’água formados sobre os cabos, assim como a influência da velocidade do vento sobre estas posições. O coeficiente de arrasto foi testado para diversas posições dos filetes d’água e para a determinação da amplitude máxima de vibração, foram alterados o ângulo de incidência e a velocidade do vento, a posição dos filetes d’água, a frequência natural dos cabos e a intensidade da chuva. Foram vistos também alguns dispositivos mitigadores para a vibração, como protuberâncias longitudinais, fios entrelaçados e mossas superficiais. Conclui-se desde trabalho que a influência da chuva atuando simultaneamente com o vento influi consideravelmente sobre a amplitude de deslocamento dos cabos, podendo aumentar a amplitude em quase 5 vezes da que ocorreria sem a presença da chuva.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/24128
Arquivos Descrição Formato
000741844.pdf (1.946Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.