Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da resistência das vias aéreas através da técnica do interruptor em pacientes com fibrose cística

.

Avaliação da resistência das vias aéreas através da técnica do interruptor em pacientes com fibrose cística

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da resistência das vias aéreas através da técnica do interruptor em pacientes com fibrose cística
Autor Rocha, Alessandra
Orientador Marostica, Paulo José Cauduro
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente.
Assunto Adolescente
Criança
Espirometria
Fenômenos fisiológicos respiratórios
Fibrose cística
[en] Airway resistance
[en] Cystic fibrosis
[en] Pulmonary function tests
[en] Rint
[en] Spirometry
Resumo Estudos para a avaliação da resistência das vias aéreas de pré-escolares com fibrose cística através da técnica do interruptor (Rint) são escassos. Foi realizado um estudo tranversal, com 38 pacientes acompanhados no ambulatório de Fibrose Cística do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Foram realizadas medida da Rint, seguida da avaliação espirométrica em todos os pacientes, repetindo os testes após o uso de salbutamol para a aferição da resposta ao broncodilatador. Nos resultados, foram encontradas forte correlação entre o inverso da Rint e o volume expiratório forçado no 1º segundo (VEF1), (r=0,8 p<0,001) e moderadas correlações entre o inverso da Rint e o fluxo expiratório forçado entre 25% e 75% da capacidade vital (FEF 25-75), (r=0,74 p<0,001) e entre o inverso da Rint e o índice de massa corporal (IMC), (r=0,62 p<0,001). A acurácia da avaliação da resposta ao broncodilatador pela Rint, foi testada através da curva ROC (Receiver Operator Characteristic Curve),comparando-se com resposta ao broncodilatador na espirometria. Foi obtida uma área de 0,75 para o ponto de corte de -28%, correspondendo a uma sensibilidade de 66% e uma especificidade de 82%. Os achados indicam que a Rint apresenta boa correlação com a espirometria, no entanto a técnica não possui uma acurácia suficiente para substituir a Espirometria na avaliação da resposta ao broncodilatador.
Abstract Few studies have been published on airway resistance measurements using the interrupter technique (IT). We performed a cross-sectional study, evaluating 38 children and adolescents with Cystic Fibrosis (CF), followed at the outpatient CF clinic of Hospital São Lucas from Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Airway resistance (Rint) was measured by the IT, followed by spirometry in all patients. Measurements were repeated after inhalation of salbutamol in order to evaluate bronchodilator response. There was a strong corelation between inverse Rint and forced expiratory volume in one second (FEV1) (r=0.8, p<0.001) and fair correlations between the inverse Rint and mid expiratory flow (MEF) (r=0.74 p<0.001) and between inverse Rint and body mass index (BMI) (r=0.62 p<0.001). The accuracy of bronchodilator response by the IT was tested through the ROC (reciever operating curve), comparing results with spirometry bronchodilator response. An area of 0.75 under the curve was obtained, for the cutoff point of -28% of Rint, achieving a sensitivity of 66% and a specificity of 82%. The findings suggest that Rint shows good correlation with spirometry parameters, although the IT is not sufficiently acurate to replace spirometry in the evaluation of bronchodilator response.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/24265
Arquivos Descrição Formato
000744497.pdf (732.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.