Repositório Digital

A- A A+

Número cromossômico e comportamento meiótico de populações de Mimosa bimucronata (DC.) O. Kuntze no Rio Grande do Sul

.

Número cromossômico e comportamento meiótico de populações de Mimosa bimucronata (DC.) O. Kuntze no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Número cromossômico e comportamento meiótico de populações de Mimosa bimucronata (DC.) O. Kuntze no Rio Grande do Sul
Outro título Chromosome number and meiotic behavior of Mimosa bimucronata (DC.) O. Kuntze populations in Rio Grande do Sul
Autor Olkoski, Denise
Orientador Schifino-Wittmann, Maria Teresa
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Genetica vegetal
Leguminosa forrageira
Maricá
Mimosa bimucronata
Rio Grande do Sul
Resumo Mimosa bimucronata (Maricá) é a espécie do gênero Mimosa mais abundante no Rio Grande do Sul, típica da Mata Atlântica. Poucos são os estudos citogenéticos para a espécie. O objetivo do trabalho foi determinar o número cromossômico em populações naturais da espécie dentro de sua área de distribuição no Rio Grande do Sul, verificar a possível existência de variabilidade intraespecífica e também analisar o comportamento meiótico. As 50 populações de M. bimucronata analisadas foram todas diplóides (2n=2x=26, n=13). Portanto, na área amostrada, a espécie não apresenta variação no nível de ploidia. Células polissomáticas foram observadas numa freqüência que variou de 0% a 31,5 % entre as populações, mas somente no meristema radicular, não sendo observadas nas células-mãe de grão de pólen. A meiose de M. bimucronata é peculiar, no sentido de que as células-mãe de grão de pólen permanecem agrupadas duas a duas durante todo processo de divisão meiótica, levando a formação de políades (bitétrades) com oito grãos de pólen, o que deve ser uma adaptação para uma alta produção de sementes por um único evento de polinização.
Abstract Mimosa bimucronata (Maricá) is the Mimosa species most abundant in no Rio Grande do Sul, typical of the Mata Atlântica. There are few cytogenetic studies for the species. This worked aimed to determine the chromosome number in natural populations of the species in its distribution area in Rio Grande do Sul, to verify the possible existence of intraspecific variability and to analyze meiotic behavior. All the 50 M. bimucronata populations analyzed were diploid (2n=2x=26, n=13). Therefore, in the area sampled, the species does not present variation in ploidy level. Polysomatic cells were found in the root tip meristem, ranging from 0% to 31,5 % among populations, but were absent in pollen-mother-cells. M. bimucronata meiosis is peculiar, as the pollen-mother-cells remained joined two by two during all the meiotic process, leading to the formation of polyads (bitetrads) with eight pollen grains, what should be an adaptation to a high seed production by only one pollination event.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/24276
Arquivos Descrição Formato
000745643.pdf (4.671Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.