Repositório Digital

A- A A+

Dor aguda e conforto prejudicado em parturientes : uma revisão integrativa

.

Dor aguda e conforto prejudicado em parturientes : uma revisão integrativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dor aguda e conforto prejudicado em parturientes : uma revisão integrativa
Autor Vaz, Carolina Fernandes
Orientador Almeida, Miriam de Abreu
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Diagnóstico de enfermagem
Dor do parto
Enfermagem obstétrica
[en] Discomfort
[en] Labor pain
[en] NANDA
[en] Nursing
[en] Nursing diagnosis
[en] Obstetrics
[en] Pain
[en] Parturition
Resumo O Diagnóstico de Enfermagem (DE) foi criado a fim de gerar uma linguagem comum que expresse o julgamento clínico da enfermeira acerca das necessidades do paciente que demandem cuidados e favoreça os seus registros. Ele contém definição, características definidoras (sinais e sintomas) e fatores relacionados (etiologia). O diagnóstico mais representativo da situação clínica de uma pessoa é usualmente aquele que agrupa o maior número de características definidoras (CD) para a sua determinação, e a habilidade de relacionar esses dados é conhecida como acurácia diagnóstica. O objetivo deste trabalho é diferenciar os DE Dor Aguda e Conforto Prejudicado no cenário da mulher em trabalho de parto, caracterizando a partir da literatura as definições, CD e fatores relacionados (FR) dos respectivos diagnósticos. Como método utilizou-se revisão integrativa, que tem como característica o rigor metodológico, no qual todas as etapas da pesquisa são minuciosamente descritas. Esta revisão contou com uma amostra de 32 artigos, sendo 12 publicados em português e 20 em inglês, presentes nas bases de dados da Scielo e Pubmed, datados dos últimos dez anos, todos abordando a questão da dor e do conforto prejudicado (desconforto) na parturiente. A revisão apontou uma maior incidência de achados referente à dor. Com relação ao Conforto Prejudicado (desconforto), o principal achado foi a identificação de três fatores relacionados, dados que não constam na NANDA-I (2009). Este trabalho mostrou que os termos dor e desconforto são, com freqüência, confundidos, igualados ou considerados como parte um do outro. Estes achados apontam para a necessidade de ampliar a fundamentação teórica para diferenciá-los conceitualmente.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/24333
Arquivos Descrição Formato
000746876.pdf (233.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.