Repositório Digital

A- A A+

Methylxanthines accumulation in Ilex species: caffeine and theobromine in erva-mate (Ilex paraguariensis) and other Ilex species

.

Methylxanthines accumulation in Ilex species: caffeine and theobromine in erva-mate (Ilex paraguariensis) and other Ilex species

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Methylxanthines accumulation in Ilex species: caffeine and theobromine in erva-mate (Ilex paraguariensis) and other Ilex species
Autor Reginatto, Flavio Henrique
Athayde, Margareth Linde
Gosmann, Grace
Schenkel, Eloir Paulo
Resumo Ilex paraguariensis St.Hil. é uma espécie de importância econômica tendo em vista sua utilização na região meridional da América do Sul no preparo do chimarrão, uma bebida estimulante, preparada pela infusão de suas folhas e talos moídos. Este trabalho apresenta a análise de metilxantinas em folhas de I. paraguariensis e outras espécies de Ilex freqüentemente relatadas como adulterantes. A determinação do teor de metilxantinas realizada por CLAE constatou a presença de cafeína (0,65%) e teobromina (0,12%) em I. paraguariensis var. paraguariensis, cafeína (0,003%) e teobromina (aprox. 0,22%) em I. paraguariensis var. vestita, e ausência de metilxantinas em I. brevicuspis, I. dumosa e I. microdonta. Os resultados indicam que a acumulação de cafeína e teobromina é, até o momento, uma característica única de I. paraguariensis. Além do interesse taxonômico, esses resultados sugerem a possibilidade de identificar adulterações em erva-mate utilizando a metodologia descrita.
Abstract Ilex paraguariensis St.Hil. is an important crop used commonly at the meridional South America as a source of a stimulant beverage, called maté, prepared by infusion of its processed leaves and twigs. We describe herein the methylxanthines analyses in the leaves of I. paraguariensis and other Ilex species reported as maté adulterants. The methylxanthines content determined by HPLC were 0.65% for caffeine and 0.12% for theobromine from I. paraguariensis var. paraguariensis, and 0.003% for caffeine and 0.22% (estimated) for theobromine from I. paraguariensis var. vestita. It was not detected any methylxanthines from I. brevicuspis, I. dumosa and I. microdonta. Considering the results, simultaneous caffeine and theobromine accumulation seems hitherto to be a particular characteristic of I. paraguariensis. In addition to taxonomical significance, these data suggest that it should be possible to trace adulterations of the genuine I. paraguariensis using the methodology described herein.
Contido em Journal of the Brazilian Chemical Society. São Paulo. Vol. 10, n. 6 (nov./dez. 1999), p. 443-446
Assunto Erva-mate
Ilex paraguariensis
Metilxantinas
[en] HPLC of methylxanthines
[en] Ilex
[en] Methylxanthines
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/24552
Arquivos Descrição Formato
000293604.pdf (45.71Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.