Repositório Digital

A- A A+

Efeito da administração do extrato aquoso do croton cajucara Benth sobre parâmetros oxidativos e a expressão do NF-kB em fígado de ratos diabéticos

.

Efeito da administração do extrato aquoso do croton cajucara Benth sobre parâmetros oxidativos e a expressão do NF-kB em fígado de ratos diabéticos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito da administração do extrato aquoso do croton cajucara Benth sobre parâmetros oxidativos e a expressão do NF-kB em fígado de ratos diabéticos
Autor Rodrigues, Graziella Ramos
Orientador Marroni, Norma Anair Possa
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Croton
Diabetes mellitus
Estresse oxidativo
Modelos animais de doenças
NF-kappa B
Plantas medicinais
Resumo A utilização de plantas com fins medicinais, para o tratamento, a cura e a prevenção de doenças é uma das formas mais antigas de prática medicinal da humanidade. A espécie Croton cajucara BENTH (CcB) é uma planta nativa e endêmica da região Amazônica, onde é popularmente conhecida como “sacaca”. É muito utilizada na medicina popular, sob a forma de chás da casca e de folhas no tratamento de diversas doenças, como o diabetes. Estudos experimentais e clínicos sugerem que o estresse oxidativo esteja envolvido na patogênese e na progressão do diabetes. Este estudo tem como objetivos avaliar os efeitos do extrato aquoso da casca do CcB sobre as alterações hepáticas, os níveis plasmáticos de glicose, triglicerídeos (TG) e colesterol, os efeitos genotóxicos, o estresse oxidativo, a concentração de nitritos e nitratos e a ativação da subunidade p65 do fator de transcrição nuclear Kappa B em fígado de animais diabéticos induzidos por estreptozotocina (STZ). Foram utilizados ratos machos Wistar, divididos em seis grupos com dez animais cada: controle (CO); controle com tratamento durante cinco dias com CcB (CcB5D); controle com tratamento durante 20 dias com CcB (CcB20D); diabéticos (DM); diabéticos com tratamento durante cinco dias com CcB (DM5D); e diabéticos com tratamento durante 20 dias com CcB (DM20D). O DM foi induzido por administração intraperitonial de STZ na dose de 70mg/Kg. O extrato aquoso (EA) foi preparado com 5g da casca do CcB/100mL H2O e administrado na dose de 1,5mL intragástrica. Após 60 dias, foi coletado sangue do plexo retro-orbital para as análises das enzimas séricas: AST, ALT, FA e dosagem de glicemia, triglicerídeos e colesterol. Para avaliar a atividade genotóxica do extrato, foi utilizado o teste de micronúcleos (MN) em medula óssea. O homogeneizado do fígado foi utilizado para avaliação de lipoperoxidação (LPO) através das substâncias que reagem ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e para avaliação da atividade das enzimas antioxidantes SOD, CAT, GPx e GSH, avaliação dos metabólitos do óxido nítrico (nitritos e nitratos totais) e a expressão nuclear da subunidade p65 do NF-kB. A análise das enzimas séricas mostrou que houve aumento de ALT e FA nos animais DM em relação aos grupos CO, e que a ALT apresentou-se diminuida nos animas DM tratados durante cinco e 20 dias. O tratamento com CcB não diminuiu os níveis da glicemia e do colesterol, houve, porém, redução significativa nos níveis de TG nos animais diabéticos tratados durante cinco e 20 dias. O tratamento com CcB não diminuiu os níveis da glicemia e do colesterol, houve, porém, redução significativa nos níveis de TG nos animais diabéticos tratados durante cinco e 20 dias. O EA do CcB mostrou-se destituído de ação genotóxica. Houve aumento no TBARS e na SOD em animais DM e diminuição significativa nos animais diabéticos tratados durante cinco e 20 dias. Por outro lado, verificou-se aumento de TBARS e da atividade da SOD no grupo CO20D. A atividade da CAT e da GPx não apresentaram diferenças significativas entre os grupos estudados. A GSH apresentou-se diminuída nos animais diabéticos em relação aos controles e ao grupo DM5D. Os animais diabéticos apresentaram aumento nos níveis dos metabólitos do óxido nítrico em relação aos animais controles, e a administração do EA do CcB não reverteu essa situação. Houve ativação da expressão nuclear do p65 nos animais diabéticos que foi atenuada nos animais que receberam o EA do CcB. O tratamento dos ratos diabéticos com o EA de CcB parece melhorar os níveis de TG, não reduziu, no entanto, a glicemia e o colesterol, provavelmente por se tratar de um modelo de diabetes crônico. O tratamento diminuiu a LPO e a atividade da SOD, provavelmente devido à atividade antioxidante do EA do CcB como varredor de radicais ânion superóxido. Os resultados mostram que, em situações onde não há estresse oxidativo, o uso prolongado de CcB comporta-se como pró-oxidante e, em situações onde existe estresse oxidativo, o tratamento com o CcB pode possuir ação antioxidante varredora de radicais livres. Além disso, os resultados parecem sustentar a hipótese de que o estresse oxidativo presente do DM estimula a expressão do NF-kB e que administração do EA do CcB reduz essa expressão.
Abstract The use of plants for medical purposes in the treatment, cure and prevention of diseases is one of the oldest medical practices of mankind. Croton cajucara BENTH (CcB) is a vegetal species that is native and endemic in the Amazonian region, where it is popularly known as “sacaca”. Bark and leaf infusions of sacaca are widely used in folk medicine to treat many diseases, such as diabetes. Experimental and clinical studies suggest that oxidative stress is involved in the pathogenesis and progress of diabetes. The present study was designed to evaluate the effects CcB aqueous extracts (AE) on hepatic changes, plasma levels of glucose, triglycerides (TG) and cholesterol, genotoxic effects, oxidative stress, nitrites and nitrates levels, and on activation of the p65 subunit of nuclear Kappa B transcription factor (NF-B) in the livers of animals made diabetic by streptozotocin (STZ) administration. Six groups of 10 male Wistar rats each were used as follows: controls (CO); controls with 5-day treatment with CcB (CcB5D); controls with 20- day treatment with CcB (CcB20D); diabetics (DM); diabetics with 5-day treatment with CcB (DM5D); and diabetics with 20-day treatment with CcB (DM20D). DM was induced by intraperitoneal administration of STZ (70mg/Kg). The aqueous extract was obtained using 5g of CcB bark for 100ml H2O and intragastrically administered at a dose of 1.5mL. After 60 days retro orbital blood samples were obtained for analysis of serum enzymes AST, ALT, FA and glucose, triglyceride and cholesterol levels determination. The genotoxic activity was evaluated using the micronucleus assay (MN) in bone marrow. The liver homogenates were used for evaluation of lipoperoxidation (LPO) through thiobarbituric acid reactive substances (TBARS), antioxidant enzymes SOD, CAT, GPx and GSH, nitric oxide metabolites (total nitrites and nitrates) and nuclear expression of p65 of NF-kB. The analysis of serum enzymes showed that there was an increase in ALT and AP in DM animals as compared to CO groups, and ALT was decreased in DM animals treated for 5 and 20 days. The treatment with CcB did not reduce the glycemia and cholesterol level, but there was a significant reduction in the TG levels in DM animals treated for 5 and 20 days. The CcB aqueous extract failed to show any genotoxic action. TBARS and SOD were increased in DM animals and significantly decreased in diabetic animals treated for 5 and 20 days. On the other hand, TBARS and SOD activity were increased in the CcB20D group. CAT and GPx activities were not significantly different across the studied groups. GSH was decreased in the diabetic animals as compared to controls and the DM5D group. The diabetic animals presented an increase in the metabolite levels of nitric oxide as compared to controls, and the administration of CcB AE failed to reverse this situation. There was activation of p65 nuclear expression in the diabetic animals, which was attenuated in the animals receiving the CcB AE. The treatment of diabetic rats with CcB appears to improve TG levels, but it did not reduce glycemia and cholesterol levels, probably because the study dealt with a chronic diabetes model. The treatment decreased LPO and SOD activity, probably because of CcB’s antioxidant activity as scavenger of superoxide anion radicals. The results show that in situations where there is no oxidative stress the extended use of CcB behaves acts as a pro-oxidant and in situations where there is oxidative stress the treatment with CcB may be an antioxidant scavenger of free radicals. Furthermore, the results seem to support the hypothesis that the oxidative stress seen in DM stimulates NF-B expression and that CcB AE administration reduces such expression.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/24608
Arquivos Descrição Formato
000747724.pdf (947.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.