Repositório Digital

A- A A+

A(s) clínica(s) psicológica(s) e a diversidade sexual : percorrendo trajetórias de vida

.

A(s) clínica(s) psicológica(s) e a diversidade sexual : percorrendo trajetórias de vida

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A(s) clínica(s) psicológica(s) e a diversidade sexual : percorrendo trajetórias de vida
Autor Marques, Daiane Maus
Orientador Nardi, Henrique Caetano
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Atitudes do psicoterapeuta
Homossexualidade
Orientacao sexual
Resumo Esta pesquisa tem por objetivo central compreender como sujeitos que se autodefinem como homossexuais descrevem a prática psicológica de seus/suas terapeutas no que tange à forma como estes/estas abordaram na terapia a questão da sexualidade de forma ampla e da orientação sexual em particular. Nesta direção buscou-se pensar a forma como a clínica psicológica se associa ao dispositivo da sexualidade na contemporaneidade. A partir dos conceitos foucaultianos de enunciado e formação discursiva e apoiando-se em Judith Butler e Michel Foucault, foram analisados os relatos das trajetórias de vida de sujeitos homossexuais que já passaram por atendimento psicológico. A partir do estudo fica evidente o quanto uma lógica identitária de caráter essencialista se faz presente na constituição do/da terapeuta e daqueles/daquelas que os/as procuram. Esta forma de conceber a subjetividade está presente na construção e manutenção de diversas clínicas psicológicas e no caráter heteronormativo que elas sustentam. Além disso, a clínica psicológica apresenta-se fortemente associada a um saber disciplinar que tem por competência o estudo do desenvolvimento “normal” da sexualidade. Essa apresentação da clínica impregna fortemente o senso comum. Somos subjetivados por um saber que fala da figura materna, paterna, das fases sexuais e que estabelece um padrão de desenvolvimento, classificando como anormal aqueles/aquelas que não respondem às características padronizadas. Por fim, a pesquisa aponta para as questões que cercam a(s) clínica(s) psicológica(s) nesse momento - com ênfase àquela(s) que faz(em) uso da psicanálise – ou seja, quais as possibilidades de deslocá-la(s) desse lugar marcado pela lógica originada na técnica cristã da confissão e baseada em pressupostos heteronormativos.
Abstract This research has as a main goal understand how subjects that define themselves as homosexuals describe the psychological practice of their therapists in the manner how hi/her treated in therapy the sexuality in a wide way and the sexual orientation in particular. It was thought the way the psychological clinic associate themselves to the dispositive of sexuality on contemporaneity. From the Foucault concepts of statement and discursive formation and leaning Judith Butler and Michel Foucault, were analyzed descriptions from the life trajectories of homosexuals subjects that have already been truth psychological treatment. From the study is clear how much a logic of identity of essentialist character is present in the constitution of the therapist and the ones who look for them. This way of understanding the subjectivity is present in the construction and maintenance of several psychological clinics and on the heteronormative that they support. Besides that, the psychological clinic introduces itself strongly associate to a disciplinary knowledge that has for competence the study of the "normal" development of sexuality. This presentation of the clinic strongly impregnates the common sense. We are subjectified from a knowledge that talks about the maternal figure, paternal figure, the sexual phases and that establishes a pattern of development, defining as abnormal those who not answer to the padronized characteristics. Finally, the research leads to questions about psychological clinics in this moment - with emphasis to those who uses psycanalises - this is, which of the possibilities to dislocate the clinic of this marked place for logic originated on christian technique of confession and based on heteronormative presuppositions.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/24652
Arquivos Descrição Formato
000747444.pdf (408.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.