Repositório Digital

A- A A+

Avaliação de processo de fosfatização

.

Avaliação de processo de fosfatização

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação de processo de fosfatização
Autor Guerreiro, Maria Aparecida Vieira
Orientador Ferreira, Jane Zoppas
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
Resumo Dada a importância do processo de fosfatização, tanto como tratamento prévio para diversos tipos de pintura, quanto para retenção de lubrificante nos processos de conformação, ele é amplamente aplicado nos mais diversos segmentos industriais, em substratos metálicos e não-metálicos. Neste trabalho foi avaliado o efeito da utilização de neutralizante no enxágue pósdecapagem, durante a preparação de corpos de prova com chapas sobrepostas, sobre a camada de fosfato tricatiônico depositada, avaliando sua resistência à corrosão. Os corpos de prova foram construídos em três modelos distintos quanto a utilização de chapas sobrepostas e formação de frestas: corpos de prova planos, que simulam a parte externa de peças e conjuntos; corpos de prova com chapas sobrepostas e solda lateral, simulando a junção de peças com formação de fresta, na qual o eletrólito pode passar através da mesma, sem retenção; e corpos de prova com chapas sobrepostas e solda em “U”, simulado a união de peças com formação de fresta, na qual o eletrólito pode penetrar e ficar retido entre os componentes (chapas). O tratamento de fosfatização foi realizado em planta industrial, com parâmetros adequados para obter uma camada depositada adequada à pintura posterior com deposição cataforética de primer e pintura eletrostática a pó. Após o tratamento, os corpos de prova foram avaliados visualmente quanto ao aspecto superficial, morfologicamente por microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura, e submetidos a ensaios acelerados de corrosão em névoa salina e atmosfera úmida saturada. A análise dos resultados obtidos sugere, inicialmente, que o neutralizante, utilizado no enxágue pósdecapagem, tenha apresentado um efeito negativo sobre a etapa de fosfatização. Novos estudos, com variação de parâmetros de processo e utilização de maior número de peças, são necessários para confirmar os resultados iniciais.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/24746
Arquivos Descrição Formato
000747664.pdf (2.625Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.