Repositório Digital

A- A A+

Relação entre o percentual de 1RM e o número de repetições máximas em exercícios de musculação em indivíduos treinados e não treinados

.

Relação entre o percentual de 1RM e o número de repetições máximas em exercícios de musculação em indivíduos treinados e não treinados

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relação entre o percentual de 1RM e o número de repetições máximas em exercícios de musculação em indivíduos treinados e não treinados
Autor Kothe, Gabriela Bartholomay
Orientador Kruel, Luiz Fernando Martins
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Musculação
Treinamento de força
Resumo A utilização de percentuais de uma repetição máxima (% de 1RM) é freqüentemente utilizada na prescrição da intensidade do treinamento de força. Entretanto, a relação entre o % de 1RM e o número de repetições máximas parece variar conforme o nível de treinamento dos sujeitos, o tipo de equipamento utilizado, a velocidade de movimento e a quantidade de massa muscular envolvida no exercício, sendo realizadas mais repetições em exercícios que envolvam maiores massas musculares. O objetivo deste estudo foi verificar se o nível de treinamento interfere no número de repetições realizadas nos exercícios de supino, remada serrote unilateral, tríceps testa bilateral e rosca Scott unilateral, realizados com pesos livres, nas intensidades de 60, 75 e 90% de 1RM, entre indivíduos treinados (T) e não treinados (NT), sendo controlada a velocidade de movimento. A amostra foi composta por 15 homens treinados e 15 não treinados em força. Foram realizados testes de 1RM em duas sessões, e testes de repetições máximas em três sessões. Em relação ao nível de treinamento, não foi verificada diferença estatisticamente significativa entre os grupos T e NT. Quando comparados os exercícios de supino e tríceps testa bilateral, a 75% de 1RM o exercício de tríceps testa bilateral apresentou um maior número de repetições em relação ao supino. Já quando comparados os exercícios de remada serrote e rosca Scott unilateral, a 60 e 75% de 1RM o exercício de rosca Scott unilateral apresentou um maior número de repetições que a remada serrote unilateral. Concluiu-se que o nível de treinamento não interfere na relação entre o número de repetições máximas e o % de 1RM nos exercícios avaliados realizados com pesos livres quando a velocidade de movimento é controlada, e que a maior massa muscular envolvida nos exercícios de supino e remada serrote unilateral não faz com que sejam realizadas mais repetições máximas em comparação aos exercícios de tríceps testa bilateral e rosca Scott unilateral, que envolvem menores massas musculares.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/24901
Arquivos Descrição Formato
000750113.pdf (190.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.