Repositório Digital

A- A A+

Motivação à prática de musculação por adultos jovens do sexo masculino na faixa etária de 18 a 30 anos

.

Motivação à prática de musculação por adultos jovens do sexo masculino na faixa etária de 18 a 30 anos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Motivação à prática de musculação por adultos jovens do sexo masculino na faixa etária de 18 a 30 anos
Autor Amorim, Diogo Pacheco de
Orientador Balbinotti, Carlos Adelar Abaide
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Musculação
Resumo O estudo da motivação vem recebendo crescente destaque entre os aspectos psicológicos mais importantes relacionados à prática regular de atividades físicas. Pesquisas realizadas em academias de musculação mostram o importante papel da motivação para se ter alunos interessados na atividade. Além disso, parte-se do pressuposto de que é importante para o treinador/professor conhecer os principais fatores que motivam os atletas para que o plano de atividades seja conduzido da melhor forma possível. Dessa maneira, o objetivo central do trabalho foi verificar, entre seis dimensões motivacionais (Controle do Estresse, Saúde, Sociabilidade, Competitividade, Estética e Prazer), quais as que mais motivam os indivíduos (de dezoito a trinta anos) à prática regular de Atividades Físicas e/ou Esportiva. Para tanto, aplicou-se o Inventário de Motivação à Prática Regular de Atividades Físicas e/ou Esportiva IMPRAFE-54. O IMPRAFE-54 (BALBINOTTI e BARBOSA, 2008) é respondido em uma escala do tipo Likert de cinco pontos (1– isto me motiva pouquíssimo a 5 – isto me motiva muitíssimo). A amostra foi composta por 40 indivíduos praticantes regulares da modalidade de musculação, na faixa etária de 18 a 30 anos, de ambos os sexos. Constatou-se que o que mais os motiva a prática de musculação é a estética, seguida do prazer a da saúde, logo após vem à sociabilidade e o controle do estresse, e por final a competitividade. Dessas seis dimensões, as três primeiras aparecem de forma indissociável, são eles a estética, o prazer e a saúde. Logo após aparece, também de maneira indissociável a sociabilidade e o controle do estresse. E por último aparece a competitividade como a dimensão que menos motiva esses indivíduos.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/24911
Arquivos Descrição Formato
000750154.pdf (187.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.