Repositório Digital

A- A A+

Atividade antibacteriana in vitro do decocto de Achyrocline satureioides (Lam.) D.C. - asteracea - ("macela"), sobre bactérias isoladas de mastite bovina

.

Atividade antibacteriana in vitro do decocto de Achyrocline satureioides (Lam.) D.C. - asteracea - ("macela"), sobre bactérias isoladas de mastite bovina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atividade antibacteriana in vitro do decocto de Achyrocline satureioides (Lam.) D.C. - asteracea - ("macela"), sobre bactérias isoladas de mastite bovina
Autor Sperotto, Vitor da Rocha
Orientador Avancini, Cesar Augusto Marchionatti
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Achyrocline satureioides
Antimicrobianos naturais
Atividade antibacteriana : Plantas
Medicina veterinaria preventiva
[en] Achyrocline satureioides
[en] Antimicrobial
[en] Bacterial inactivation
[en] Bacterial inhibition
[en] Veterinary medicine
Resumo A Achyrocline satureioides (Lam.) D.C. – ASTERACEA – (“macela”) é uma planta nativa no estado do Rio Grande do Sul/BR, tradicionalmente considerada medicinal para distúrbios do sistema digestivo, tendo estudos evidenciado sua atividade antimicrobiana frente bactérias padrões internacionais. Com os objetivos de verificar a presença de marcador fitoquímico e avaliar a atividade antibacteriana do decocto sobre isolados em situações-problema sanitários em saúde e produção animal, amostra da planta foi colhida de vegetação espontânea e as inflorescências submetidas a cocção por 15 min, repondo-se o volume perdido na evaporação. A técnica de cromatografia analítica em camada delgada (CCD) detectou a presença de quercitina. A atividade antimicrobiana foi avaliada pelo método de diluição, técnica pour plate, em dois tempos de contato (1 h e 24 h), sem neutralizador químico (placa indicando inibição bacteriana) e com neutralizador (placa indicando inativação bacteriana). Inicialmente foram confrontados os padrões S. aureus ATCC 25923 e E. coli ATCC 11229 em 3 proporções planta : volume, tendo a de 7,5 g : 100 mL demonstrado maior atividade de inativação. Pelo mesmo método, técnica e proporção de maior atividade, confrontou-se o decocto com 26 isolados em leite de vacas com mastite: 14 S. aureus, 5 Streptococcus dysgalactiae, 1 Streptococcus uberis, 3 Corynebacterium sp., 1 E. coli, 1 Klebsiella sp. e 1 P. aeruginosa. Sobre as bactérias Gram positivas, com 1 h de contato a leitura das placas evidenciou que 70,83% delas estavam inibidas, tendo sido confirmado que 12,5% delas estavam inativadas; com 24 h de contato 87,5% estavam inibidas e 79,17% inativadas. Sobre as bactérias Gram negativas, em 100 % das vezes as ações de inibição e inativação ocorreram na leitura do tempo de contato de 24 h. Concluiu-se que o indicador fitoquímico flavonóide está presente também na forma decocto, e que esta solução apresenta atividade antimicrobiana tanto sobre amostras padronizadas quanto sobre isolados “de campo”.
Abstract The Achyrocline satureioides (Lam.) DC - Asteraceae - ("camomile") is a native plant in the state of Rio Grande do Sul / BR, traditionally considered medicinal for disorders of the digestive system, studies have demonstrated its antimicrobial activity against bacteria standards. Aiming to verify the presence of phytochemical marker and to evaluate the antibacterial activity of the decoction on isolated situations-health problem in animal health and production, the plant sample was collected from weeds and inflorescences subjected to cooking for 15 minutes, replacing them the volume lost to evaporation. The technique of analytical thin layer chromatography (TLC) detected the presence of quercetin. Antimicrobial activity was evaluated by the dilution pour plate technique in two contact times (1 h and 24 h) without neutralizing chemical (sign indicating bacterial inhibition) and neutralizing (sign indicating bacterial inactivation). Initially the standards were confronted S. aureus ATCC 25923 and E. coli ATCC 11229 in 3 proportions plant: volume, with 7.5 g: 100 mL demonstrated higher activity of inactivation. By the same method, technique and proportion of higher activity, confronted the decoction with 26 isolates in milk from cows with mastitis: 14 S. aureus, 5 Streptococcus dysgalactiae, Streptococcus uberis 1, 3 Corynebacterium sp., 1 E. coli, 1 Klebsiella sp. and 1 P. aeruginosa. On the Gram positive bacteria, with 1 h contact reading of the plates showed that 70.83% were inhibited, it was confirmed that 12.5% were inactivated, with 24 h of contact 87.5% were inhibited and 79,17% inactivated. On the Gram negative bacteria, in 100% of the time the actions of inhibition and inactivation occurred in reading the contact time of 24 h. It was concluded that the flavonoid phytochemical indicator is also present in the decoction form, and that this solution has antimicrobial activity on both standard sampling as on isolated "field".
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/25000
Arquivos Descrição Formato
000749373.pdf (213.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.