Repositório Digital

A- A A+

Estudo da ação da nifedipina sobre estado gengival de ratos : análise histopatológica

.

Estudo da ação da nifedipina sobre estado gengival de ratos : análise histopatológica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da ação da nifedipina sobre estado gengival de ratos : análise histopatológica
Autor Mattos, Felipe Kryvoruchca de
Orientador Fernandes, Marilene Issa
Co-orientador Rados, Pantelis Varvaki
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Periodontia : Doencas
Resumo O aumento de volume gengival como um efeito adverso do uso de nifedipina já foi relatado na literatura, estando associado a presença de um padrão inflamatório bem estabelecido. Objetivo: Avaliar a repercussão da nifedipina em situação de saúde e periodontite, em ratos, sobre os tecidos gengivais epitelial e conjuntivo. Metodologia: A amostra envolveu blocos histológicos processados a partir de 20 ratos Wistar machos, divididos em quatro grupos com cinco ratos cada. Dois grupos foram considerados controle e dois grupos teste, sendo que esses foram submetidos a modelo experimental de periodontite induzida por ligadura. Dos grupos, um teste e outro controle receberam administração diária de solução fisiológica ou nifedipina 50mg/kg/dia. O tempo total do experimento foi de 30 dias. Dois cortes histológicos, de 4μm cada, no sentido vestíbulo/lingual foram coletados de cada bloco. Foi feita uma análise histológica qualitativa avaliando a morfologia do epitélio interno, juncional e sulcular, e uma análise histológica quantitativa relativa à intensidade do infiltrado inflamatório e a quantidade de fibras colágenas. Resultados: A análise histológica qualitativa somente apresentou diferenças estatisticamente significantes na avaliação da orientação dos feixes de fibras conjuntivas. A análise histológica quantitativa demonstrou uma maior intensidade de infiltrado inflamatório nos grupos onde periodontite foi induzida e maior quantidade de tecido conjuntivo adjacente ao epitélio. Conclusão: Todos os grupos avaliados apresentaram alterações epiteliais, porém estatisticamente não significativas. A avaliação das alterações do tecido conjuntivo resultou em diferença significativa de área entre os grupos teste e controle, principalmente associada com periodontite induzida. As fibras do tecido conjuntivo se mostraram desorganizadas na presença de periodontite induzida, desorganização menor na presença de nifedipina.
Abstract The gingival overgrowth as a side effect of nifedipine use was already published, being associated with the presence of an inflammatory pattern well established. Objective: Evaluate nifedipine repercussion in health and periodontitis situations, on rats, on epithelial and connective gingival tissue. Materials and methods: The sample has two histological blocks processed by 20 Wistar male rats, divided in four groups with five rats each. Two groups were considered control groups and two test groups, and the test groups were submitted to a ligature-induced periodontitis experimental model. The groups received daily administration of a saline solution or nifedipine 50mg/kg/day. The total experiment time was 30 days. Two histological slices, 4μm each, in buccal/lingual direction were collected from each block. A descriptive hystological analysis was made evaluating the oral, sulcular and junctional epithelia morphology, and a histometric evaluation of the inflammatory infiltrate intensity and the amount of collagen fibers. Results: The descriptive histological analysis only showed significant difference in the collagen fibers orientations. The histometric evaluation demonstrated higher inflammatory infiltrate intensity on the ligature-induced periodontitis groups, as well as bigger connective tissue amount. Conclusion: All groups evaluated presented epithelial changes, but these changes were not significant. The connective tissue analysis resulted in a statistically significant difference between the areas of test and control groups, mainly when associated with ligature-induced periodontitis. Fibers of the connective tissue were disorganized in presence of induced periodontitis, disorganization smaller in presence of nifedipine.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/25020
Arquivos Descrição Formato
000750962.pdf (1.192Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.