Repositório Digital

A- A A+

Videolaparoscopia topográfica de equinos em estação com três diferentes massas corpóreas

.

Videolaparoscopia topográfica de equinos em estação com três diferentes massas corpóreas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Videolaparoscopia topográfica de equinos em estação com três diferentes massas corpóreas
Outro título Topographic videolaparoscopy in standing equines of three different corporal masses
Autor Nóbrega, Fernanda Silveira
Orientador Beck, Carlos Afonso de Castro
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Doença : Prevenção e controle
Equinos : Cirurgia veterinaria
Ovinos : Vacinas
Videolaparoscopia
Videolaparoscopia : Cirurgia
[en] Anatomy
[en] Equine
[en] Laparoscopy
[en] Video-assisted approach
[en] Video-surgery
Resumo A laparoscopia de eqüinos em estação tem sido avaliada como uma alternativa diagnóstica e terapêutica, porém, a semelhança do que ocorreu na Medicina Humana e na rotina clínica de pequenos animais, sua utilização na espécie eqüina ainda carece de estudos que estabeleçam de forma mais definitiva as situações específicas onde seu uso possa ser recomendado. Para tal, o conhecimento da anatomia laparoscópica de animais hígidos é fundamental no aprendizado do cirurgião. O presente estudo teve por objetivo realizar uma detalhada descrição anatômica da cavidade abdominal de eqüinos posicionados em estação e distribuídos em três grupos conforme a massa corpórea, verificando possíveis limitações. Foram utilizados 21 eqüinos hígidos, sendo 7 fêmeas e 14 machos, submetidos a jejum alimentar de 18 a 24 horas. No grupo A foram incluídos animais com até 250 kg, enquanto no grupo B utilizaram-se animais entre 251 a 350 kg e no grupo C animais acima de 351 kg. Os animais foram sedados com a associação de detomidina e butorfanol e a dessensibilização cutânea e muscular realizada com infiltração local de lidocaína. A técnica cirúrgica realizada foi a laparoscopia com acesso pelas fossas paralombares esquerda e direita, utilizando a introdução vídeoassistida da cânula EndoTIP™, iniciando sempre pelo flanco esquerdo. Este primeiro acesso permitiu a observação do diafragma, estômago, lobo hepático esquerdo, baço, área renal, intestino delgado, cólon menor, bexiga, órgãos reprodutivos internos do macho (cordão espermático e epidídimo) e da fêmea (ovários e corno uterino) e reto. No acesso paralombar direito foram observados: diafragma, lobo hepático direito, área renal direita, cólon dorsal direito, duodeno, base do ceco, intestino delgado, cólon menor, bexiga, órgãos reprodutivos internos do macho (cordão espermático e epidídimo) e da fêmea (ovários e corno uterino) e reto. A principal complicação transoperatória encontrada foi à insuflação de gás no espaço retroperitoneal, que ocorreu em quatro animais. Não foram visibilizados o forame epiplóico e o pâncreas em nenhum dos animais do estudo. Além disso, as demais estruturas não visualizadas, independentemente do porte físico e do flanco examinado foram: o lobo esquerdo do fígado (2 animais), a porção direita do diafragma (14 animais), o reto (três animais) e a bexiga (um animal). O procedimento videolaparoscópico para estudo da anatomia abdominal de eqüinos adultos hígidos em estação é viável, não sendo observadas limitações decorrentes do tamanho do animal.
Abstract Laparoscopy on standing horses has been assessed as a diagnostic and therapeutic alternative. However, similarly as it has been in Human Medicine and in the clinical routine of small animals, its utilization in equines still needs further studies that could establish, with more conviction, specific situations where its use can be recommended. For the purpose, knowledge of laparoscopic anatomy in healthy animals is fundamental for the learning of the veterinary surgeon. The present study aimed at performing a detailed anatomic description of the abdominal cavity of equines in standing position. The animals were distributed into three groups according to the corporal mass, and the possible limitations were verified. Twenty-one healthy equines were used, 7 of which were females and 14 males, and which were submitted to a 18- to 24-hour fasting period. Animals weighing up to 250 kg were included in group A, whereas animals weighing between 251 to 350 kg were used in group B and animals weighing more than 351 kg in group C. The animals were sedated using an association of detomidine and butorphanol, and cutaneous and muscular desensitization was obtained with the local infiltration of lidocaine. Laparoscopy was the surgical technique performed, with access through the left and right paralumbar fossas using a video-assisted introduction of a EndoTIP™ cannula, always starting from the left flank. This first access allowed the observation of the diaphragm, stomach, left hepatic lobe, spleen, renal area, small intestine, small colon, urinary bladder, internal reproductive organs of the male (spermatic cord and epididymis) and rectum. During the right paralumbar access, the following structures were observed: diaphragm, right hepatic lobe, right renal area, right dorsal colon, duodenum, base of the cecum, small intestine, small colon, urinary bladder, internal reproductive organs of the male (spermatic cord and epididymis) and female (ovaries and uterine horns) and rectum. The main transoperative complication encountered was the insufflation of gas in the retroperitoneal space, which occurred in four animals. The epiploic foramen and pancreas were not observed in any of the animals used in the study. Additionally, these other structures were not observed, regardless of the physical size and flank examined: left hepatic lobe (2 animals), right portion of the diaphragm (14 animals), rectum (three animals) and urinary bladder (one animal). Therefore, the video-laparoscopic procedure for the study of the abdominal anatomy of healthy adult equines in standing position is feasible, and no limitations due to animal size have been observed.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/25023
Arquivos Descrição Formato
000751021.pdf (1.068Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.