Repositório Digital

A- A A+

Estudo dos espaços coerentes do ponto de vista da teoria dos topos

.

Estudo dos espaços coerentes do ponto de vista da teoria dos topos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo dos espaços coerentes do ponto de vista da teoria dos topos
Outro título A study of coherent spaces from the point of view of the theory of topos
Autor Costa, Simone Andre da
Orientador Costa, Antonio Carlos da Rocha
Data 2001
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Teoria : Categorias
Teoria : Ciência : Computação
Teoria : Domínios
[en] Category theory
[en] Coherence space
[en] Topos theory
Resumo Este trabalho propõe o estudo dos espaços coerentes do ponto de vista da teoria dos topos, ou seja, consiste em uma análise, em termos de topos, das principais categorias de espaços coerentes. Os espaços coerentes constituem um tipo de domínio que apresenta algumas particularidades que o distinguem dos demais, por exemplo, considera admissíveis no conjunto de funções somente aquelas que, além de contínuas no sentido de Scott - preservam supremos de conjuntos dirigidos, também são estáveis e lineares. Um topos e uma categoria Cartesiana fechada com classificador de subobjetos. Isso faz com que todo topos se comporte como Set (conjuntos como objetos e funções como morfismos), ou seja, uma categoria na qual as interpretações de suas construções básicas seguem a Teoria dos Conjuntos. Entre as categorias de Espaços Coerentes, tem-se a categoria STAB, cujos objetos são os espaços coerentes e os morfismos são funções estáveis entre esses espaços, que é uma categoria cartesiana fechada. Isto significa que STAB é uma categoria especial no sentido computacional: além de possuir o produto binário para todos os seus objetos, STAB apresenta objeto exponencial e morfismo de avaliação, garantindo significado para processos computacionais. A subcategoria LIN da categoria STAB, cujos morfismos são as funções lineares, não é uma categoria cartesiana fechada. Entretanto, LIN é uma categoria monoidal simétrica que e fechada. Este, condição e suficiente para que em LIN também se tenha a garantia de se obter significado para processos computacionais. Apresenta-se então, uma interpretação computacional da estrutura destas categorias e uma análise das mesmas do ponto de vista de topos, isto é, da existência ou não de classificador de subobjetos.
Abstract This work proposes the study of coherent spaces from the point of view of the Topos Theory, that is, it consists of an analysis of the main categories of coherent spaces in terms of topos. The coherent spaces make up a kind of domain which presents some peculiarities that separate it from the rest, for example, in the complex whole of the functions it only considers permissible, those which, apart from being continuous in the sense of Scott - preserving supremo of directed sets, it is also stable and linear. A topos is a Cartesian closed with subobject classifier. This makes topos behaves like Set (sets as objects and functions as morphisms), that is, a category in which the interpretations of its basic constructions follow the Theory of Sets. Among the categories of Coherent Spaces, there is the STAB category, a closed Cartesian category, the objects of which are the coherent spaces, having morphisms as stable functions among these spaces. This means that STAB is a special category in the computational sense: apart from having a binary product for all its objects, STAB presents an exponential object and a morphism of evaluation, ensuring meaning for computational processes. The subcategory LIN of the STAB category, the morphisms of which are linear functions, is not a closed Cartesian category. However, LIN is a symmetrical monoidal category which is closed. This condition is sufficient to also have in LIN the guarantee of obtaining meaning for computational processes. Thus, a computational interpretation of the structure of these categories will be presented, as well as an analysis of them from the point of view of the Topos Theory, that is, if subobject classifier exists or not.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/25076
Arquivos Descrição Formato
000287276.pdf (715.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.