Repositório Digital

A- A A+

Injeção intraoperatória de dextran-500-99m tecnécio para identificação do linfonodo sentinela em câncer de mama

.

Injeção intraoperatória de dextran-500-99m tecnécio para identificação do linfonodo sentinela em câncer de mama

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Injeção intraoperatória de dextran-500-99m tecnécio para identificação do linfonodo sentinela em câncer de mama
Autor Delazeri, Gerson Jacob
Orientador Graudenz, Márcia Silveira
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Biópsia de linfonodo sentinela
Neoplasias da mama
[en] Breast cancer
[en] Dextran 500-99mtechnetium
[en] Sentinel lymph node
Resumo Objetivos: Avaliar a eficácia da injeção intraoperatória para identificação do linfonodo sentinela (LS) em câncer de mama com o uso do Dextran 500-99m-Tecnécio (Tc) e azul patente. Analisar se as doses do radiofármaco, o IMC (índice de massa corporal) e o volume da mama influenciam no tempo para migração ao LS. Metodologia: Estudo prospectivo, realizado entre abril de 2008 e junho de 2009, que incluiu 74 biópsias de LS em pacientes com câncer de mama em estádios T1N0 e T2N0. Injetou-se, após indução anestésica, de 0,5 a 1,5 mCi de Dextran 500-99m-Tc filtrado 0,22 μm na região subareolar num volume de 5 ml e 2 ml de azul patente. Resultados: Identificou-se o LS em 100% dos casos. Um LS (1,35%) estava marcado apenas com o azul patente. A taxa de identificação com o “probe” foi de 98% (73/74 casos). A dose média de radiofármaco aplicada foi 0,97 mCi + 0,22. O tempo médio para marcação do LS foi de 10,7 minutos (+ 5,7min). Identificamos em média 1,66 LS com o radioisótopo. A dose aplicada não apresentou relação com o tempo para captação (p=0,73). Quanto maior o volume da mama e IMC, maior o tempo para captação na região axilar (Pearson Correlation r=0,393 p<0,01; r=0,469 p<0,01 - respectivamente). Conclusão: A injeção intraoperatória do radiofármaco é eficaz para identificação do LS em câncer de mama. O tempo para marcação do LS é maior em pacientes com IMC elevado e mamas volumosas. Doses maiores de radiofármaco não diminuem o tempo de migração.
Abstract Objectives: To determine the identification of sentinel lymph node (SLN) in breast cancer after intraoperative injection of Dextran 500‐99mTechnetium (Tc) and blue dye. To analyze if the doses of the radioisotope, body mass index (BMI) and breast volume influence the migration time of the SLN. Methodology: Prospective study between april 2008 and june 2009, which included 74 biopsies of SLN in patients with breast cancer in stages T1N0 and T2N0. Intraoperative injection after induction of general anesthesia, 0.5 to 1.5 mCi of dextran 500‐99m‐Tc filtered 0.22 μm in the subareolar region in a volume of 5 ml and 2 ml of blue dye. Results: We identified the SLN in 100% of cases. In one case (1.35%) the SLN was marked only with the blue dye. The SLN identification rate with the probe was 98% (73/74 cases). The mean dose of radioisotope injected was 0.97 + 0.22 mCi. The average time to mark the SLN was 10.7 minutes (+ 5.7 min). We identified an average 1.66 SLN with the radioisotope. The dose had no effect on the time to capture (p = 0.73). The larger breast volume and BMI, the greater the capture time in the axillary region (Pearson Correlation r=0.393 p <0.01, r=0.469 p <0.01 - respectively). Conclusion: Intraoperative injection of the radioisotope is effective for the identification the SLN in breast cancer. Time to mark the SLN is higher in patients with high BMI and large breasts. Higher doses of radioisotope do not decrease the migration time.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/25113
Arquivos Descrição Formato
000751890.pdf (582.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.