Repositório Digital

A- A A+

O movimento sindical como espaço educativo : formação política do trabalhador

.

O movimento sindical como espaço educativo : formação política do trabalhador

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O movimento sindical como espaço educativo : formação política do trabalhador
Autor Pegoraro, Camile
Orientador Silva, Maria Beatriz Gomes da
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Licenciatura.
Assunto Educação formal
Educação não-formal
Formação política
Movimento sindical
Trabalhador
Resumo O presente estudo trata do movimento sindical como espaço educativo não-escolar para a formação política do trabalhador e sua articulação com o espaço escolar, no que se refere ao objetivo comum de formar para a participação política. O campo escolhido para a coleta de dados foi a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB, e seus principais objetivos foram os de compreender os princípios que orientam a formação política do trabalhador vinculado ao movimento sindical e identificar as aproximações possíveis entre a educação não-escolar e escolar. A investigação configurou-se como um estudo de caso e teve como instrumentos empíricos, observações obtidas durante participação em curso oferecido pela CTB, análise de documentos da mesma organização e entrevistas individuais semi-estruturadas com dirigentes, professores e alunos da formação em curso. Dentre os autores que referenciaram, respectivamente, a construção metodológica e a análise dos dados destacam-se: Meksenas (2002), Bobbio (2003), Manfredi (1986), Gramsci (1985) e Freire (2001). Como resultado das análises, emergiu a preocupação da CTB com uma formação política comprometida com a elevação da consciência crítica e apoiada numa concepção classista, a fim de tornar os trabalhadores dos sindicatos participantes ativos nas lutas sociais. Verificou-se, ainda, que a formação oferecida no espaço da CTB pode contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade que valorize a classe trabalhadora, e que educação não-escolar e escolar podem estar articuladas, no sentido de formar para a participação política, sendo ambas de grande importância no processo de conscientização e emancipação dos trabalhadores.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/25208
Arquivos Descrição Formato
000751709.pdf (286.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.