Repositório Digital

A- A A+

Minha vida, duas línguas : um estudo sobre as experiências de surdos com a escrita acadêmica no Programa de Pós-Graduação em Educação/UFRGS

.

Minha vida, duas línguas : um estudo sobre as experiências de surdos com a escrita acadêmica no Programa de Pós-Graduação em Educação/UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Minha vida, duas línguas : um estudo sobre as experiências de surdos com a escrita acadêmica no Programa de Pós-Graduação em Educação/UFRGS
Autor Pokorski, Juliana de Oliveira
Orientador Karnopp, Lodenir Becker
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Licenciatura.
Assunto Educação especial
Escrita
Língua Brasileira de Sinais
Surdo
Resumo Este trabalho discute as marcas identitárias de surdos traduzidas em suas teses e dissertações, produzidas no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Busca evidenciar a forma que essa diferença é sinalizada na escrita do surdo pesquisador, além de tentar descrever as marcas atribuídas a essa experiência. Utilizou-se da metodologia de análise documental, realizando a leitura de seis dissertações de mestrado e uma tese de doutorado produzidas por surdos no período de 1998 a 2010 (quase a totalidade da produção surda do PPGEDU/UFRGS). Elencou-se, a partir das recorrências encontradas, três eixos analíticos: a escrita e a leitura de uma segunda língua (em português); o papel do intérprete; e a diferença cultural do surdo. O estudo está situado no campo dos Estudos Culturais em Educação e dos Estudos Surdos e a análise teve por base, principalmente, o pensamento de Quadros e Karnopp (2004) sobre a Língua de Sinais Brasileira, e os conceitos de cultura e identidade surda abordados por Perlin (1998) e Skliar (1998). Registrou-se, então, que muito além de um espaço de estudo, o PPGEDU/UFRGS se constituiu em um local de produções acadêmicas com propósitos investigativos e políticos dos surdos pelo seu povo. Tais produções, no entanto, se apresentaram atravessadas pelas dificuldades de escrita em uma segunda língua (o Português), pela (in)aceitabilidade da diferença cultural surda e pelo ato de marcar a presença surda nos textos.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/25213
Arquivos Descrição Formato
000752520.pdf (390.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.