Repositório Digital

A- A A+

O ensino e a aquisição de vocabulário em contexto de instrução de língua estrangeira

.

O ensino e a aquisição de vocabulário em contexto de instrução de língua estrangeira

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O ensino e a aquisição de vocabulário em contexto de instrução de língua estrangeira
Autor Zilles, Marcelo
Orientador Schlatter, Margarete
Data 2001
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Linguagem e línguas
Resumo Este trabalho tem como foco a comparação de duas diferentes abordagens ao ensino de vocabulário em um contexto de instrução de Inglês como Língua Estrangeira com o objetivo de investigar sob qual abordagem há uma maior aquisição de palavras-alvo em dois momentos: imediatamente após o término da intervenção e um mês após o término da intervenção. Na primeira abordagem, chamada de indireta, as palavras-alvo fazem parte de textos que foram trabalhados pelos alunos através de atividades de leitura e interpretação e de tarefas focalizando as habilidades de fala e escrita. Na segunda abordagem, chamada de explícita, houve um direcionamento consciente da atenção dos alunos para as palavras-alvo, que foram apresentadas isoladamente, fora de um contexto de leitura. Participaram do experimento quatro turmas, totalizando vinte e três alunos, dos quais duas foram expostas à abordagem indireta (grupo indireto) e duas à abordagem explícita (grupo explícito). Foram selecionadas dez palavras-alvo para o experimento. Todos os alunos realizaram um pré-teste tendo como modelo o Vocabulary Knowledge Scale (VKS), desenvolvido por Wesche e Paribakht (1996). O tratamento, após o pré-teste, consistiu de seis exposições diferentes às palavras-alvo, tanto nos grupos envolvidos com a abordagem indireta como nos grupos envolvidos com a abordagem explícita. Imediatamente após o término do tratamento foi realizado um pós-teste (VKS) e, 30 dias após a realização do pós-teste, um pós-teste tardio (VKS). Os resultados do pós-teste indicam que a proporção de palavras-alvo adquiridas pelo grupo exposto à abordagem explícita foi de 60%, significativamente superior à proporção de palavras-alvo adquiridas pelo grupo exposto à abordagem indireta, que foi de 24%. O pósteste tardio mostrou que a retenção das palavras-alvo já adquiridas quando da realização do pós-teste foi similar nos dois grupos: 76% no grupo indireto e 81% no grupo explícito.
Abstract This work focuses on the comparison of two different approaches to the teaching of vocabulary in an instructional context of English as a Foreign Language, aiming at investigating in two different moments - immediately after the end of the intervention and one month after the end of the intervention - under which approach the acquisition of target words is higher. In the first approach, called indirect, the target words are inside texts which were read by students in class and, as a follow-up, general reading comprehension, speaking and writing activities were carried out. In the second approach, called explicit, students' attention to the target words was drawn explicitly - these words were introduced in class without any reading contextualization. The experiment involved twenty-three students divided in four classes, out of which two were exposed to the indirect approach (indirect group) and two to the explicit approach (explicit group). Ten target words were selected for the investigation. All the students took a pre-test which was designed having Wesche and Paribakht's (1996) Vocabulary Knowledge Scale (VKS) as a model. The treatment which followed the pre-test consisted of six different exposures to the target words in each of the groups. A post-test (VKS) was carried out immediately after the end of the treatment, and 30 days later a delayed post-test (VKS) was given to students. Results of the post-test show that the proportion of target words acquired by the group exposed to the explicit approach was 60%, significantly higher than the proportion of target words acquired by the group exposed to the indirect approach, which was 24%. The delayed post-test results showed that the retention of target words which had already been acquired when post-test was taken was similar in both groups - 76 % in the indirect group and 81% in the explicit group.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/25234
Arquivos Descrição Formato
000301157.pdf (907.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.