Repositório Digital

A- A A+

Perfil fitoquímico e avaliação da toxicidade da espécie gunnera manicata L. nativa do Rio Grande do Sul

.

Perfil fitoquímico e avaliação da toxicidade da espécie gunnera manicata L. nativa do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil fitoquímico e avaliação da toxicidade da espécie gunnera manicata L. nativa do Rio Grande do Sul
Autor Mariotti, Kristiane de Cássia
Orientador Limberger, Renata Pereira
Co-orientador Dallegrave, Eliane
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Assunto Fitoquimica
Gunneraceae
Gunnera manicata
Toxicidade aguda
Toxicologia
[en] (Z)-venusol
[en] acute toxicity
[en] BMAA
[en] Gunneraceae
[en] Gunnera manicata L.
[en] uterotrophic assay
Resumo Gunnera é um gênero de angiosperma pertencente à família Gunneraceae. O gênero possui aproximadamente 45 espécies, dentre essas G. perpensa L. tem sido utilizada na África, apresentando efeitos relacionados ao ciclo reprodutivo, provavelmente devido ao (Z)-venusol. Decocções dessa planta são utilizadas no tratamento de doenças infecciosas devido à atividade antibacteriana e à antifúngica. O gênero Gunnera é capaz de formar uma complexa associação com a cianobactéria Nostoc puctiforme L. ocorrendo a formação da neurotoxina -Nmetilamino- L-alanina (BMAA) a qual é associada ao aparecimento de um complexo de esclerose/Parkinson/demência. No Rio Grande do Sul, encontra-se a espécie G. manicata L., da qual não constam, na literatura científica, estudos fitoquímicos, farmacológicos e toxicológicos, apesar de ser apreciada ornamentalmente. Tendo em vista esses dados, o presente projeto avaliou o perfil tóxico-farmacológico e fitoquímico de G. manicata. Para os ensaios de toxicidade oral aguda e uterotrófico foi utilizado extrato aquoso de raízes e para as atividades antimicrobiana (disco difusão) e antioxidante (reação com 2,2 difenil-1-picril-hidrazil - DPPH•), bem como para o perfil fitoquímico, foram utilizados extratos metanólicos e aquosos de raízes e folhas. Não foram observados sinais de toxicidade oral aguda, nem atividade sob o sistema reprodutor de ratas. O potencial antimicrobiano resultou em atividade frente à Bacillus subtilis, Staphylococus aureus, Streptococcus pyogenes e Candida albicans. A capacidade antioxidante apresentou boa a moderada atividade. Na análise fitoquímica por cromatografia gasosa acoplada a detector de massa (CGEM) e cromatografia líquida associada à espectrometria de massas em tandem (CLEM/ EM) não foram detectados BMAA nem (Z)-venusol. Entretanto, foram identificados ácido gálico e hiperosídeo. Os extratos avaliados demonstraram alto teor de compostos fenólicos totais, apesar da baixa concentração de flavonóides totais. Sendo assim, os resultados obtidos neste trabalho geram perspectivas para novos estudos, tendo em vista à ausência de sinais de toxicidade, o potencial biológico apresentado, a falta de informações sobre G. manicata na literatura científica e a prospecção de espécies bioativas.
Abstract The genus Gunnera is a flowering plant belonging to the Gunneraceae family. The genus has about 45 species, among these G. Perpensa which has been used in Africa. It has effects related to the reproductive cycle, probably due to the (Z)- venusol. Decoctions of this plant are used in the treatment of infectious diseases due to antibacterial and antifungal activities. The genus Gunnera forms a complex association with the cyanobacterium Nostoc puctiforme L. resulting in the formation of the neurotoxin -N-methylamino-L-alanine (BMAA), which is associated with the development of a complex sclerosis / Parkinson / dementia. In Southern Brazil is found the specie Gunnera manicata L. on which scientific data about phytochemical, pharmacological and toxicological studies are lacking, despite of being assessed as ornamental plant. So, were investigated the toxico-pharmacological and phytochemical profile of G. manicata. In the oral acute toxicity and in the uterotrophic assays aqueous roots extracts were used. To antimicrobial and antioxidant (2,2- diphenyl-1-picryhydrazyl – DPPH - radical test) activities as well as phytochemical profile, methanol and aqueous extracts of roots and leaves were used. Was not observed neither sings of oral acute toxicity nor activity on the female reproductive system of rats. The antimicrobial potential showed activity against Bacillus subtilis, Staphylococus aureus, Streptococcus pyogenes and Candida albicans. Antioxidant capacity presented good to moderate activity. The phytochemical profile analysis was performed by gas chromatography coupled with mass spectrometer (GC-MS) and liquid chromatography coupled with tandem mass spectrometer (LC-MS/MS). BMAA and (Z)-venusol were not found and the samples presented gallic acid and hyperoside. The evaluated extracts showed a high content of total phenolic compounds despite of the low contends of total flavonoids. So, the results obtained in this work open prospects for new studies in view of the absence of signs of toxicity, the biological potential presented, the lack of information about G. manicata the scientific literature and the search for bioactive species.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/25238
Arquivos Descrição Formato
000751442.pdf (2.192Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.