Repositório Digital

A- A A+

Adequações do sistema financeiro brasileiro aos acordos de Basiléia I e II

.

Adequações do sistema financeiro brasileiro aos acordos de Basiléia I e II

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Adequações do sistema financeiro brasileiro aos acordos de Basiléia I e II
Autor Dall'agnol, Daniel Paulo
Orientador Lima, Antonio Ernani Martins
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Acordo da Basiléia. (1988)
Acordo da Basiléia. (2004)
Brasil
Regulação econômica
Risco financeiro
Sistema financeiro
Supervisão bancária
[en] Banking regulation
[en] Basel committee
[en] Basell accord
[en] National financial system
Resumo O Sistema Financeiro Nacional (SFN), em especial o setor bancário, necessita constantemente de regulamentações que atuem de maneira eficaz, no sentido de evitar que as instituições financeiras incorram em riscos desnecessários, os quais poderão resultar em uma crise setorial ou, ainda, em casos mais extremos, em uma recessão econômica. O Comitê de Basiléia, fundado em 1974 pelos representantes dos Bancos Centrais dos países do G-10, trouxe diversas contribuições sob a forma de recomendações acerca de práticas eficazes de supervisão bancária, dentre elas, destacam-se, os Acordos de Basiléia I (1988) e II (2004). Particularmente, o presente trabalho busca analisar as principais adequações do Sistema Financeiro Nacional brasileiro especificamente no que tange a implementação das normas propostas pelo Comitê de Basiléia, em especial a partir da publicação da Resolução CMN n°. 2.099/94, a qual definiu oficialmente que o Brasil seguiria as diretrizes emanadas pelo Comitê, tendo como última análise o Comunicado nº. 16.137/07. Cumpre destacar que, dada a velocidade das inovações no mercado financeiro, as normas regulamentadoras do SFN devem ser constantemente revisadas e adaptadas à nova realidade econômica, sendo assim, nunca serão definitivas e estáticas.
Abstract The National Financial System (NFS), in particular the banking sector, constantly need of regulations that act effectively, in order to ensure that financial institutions incur unnecessary risks, wich may result in a sectoral crisis or, even, in most extreme cases, in an economic recession. The Basel Committee, founded in1974 by representatives of the Central Banks of the G-10, brought numerous contributions in the form of recommendations on effective practices on banking supervision, among them, stand out, the agreements of Basel Accords I (1988 ) and II (2004). Particularly, this paper analyzes the main adaptations of the brazilian National Financial System specifically with respect to implementation of the standards proposed by the Basel Committee, in particular starting from the publication of Resolution CMN nº. 2.099/94, which officially defined that Brazil would follow the guidelines issued by the Committee, having as ultimately the Communique nº. 16.137/07. It is of note that, given the speed of innovations in financial market, NFS’s regulation requirements should be constantly reviewed and adapted to new economic reality, therefore, never will be final and static.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/25381
Arquivos Descrição Formato
000750350.pdf (532.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.