Repositório Digital

A- A A+

Empréstimos linguísticos do inglês : um estudo do léxico do comércio exterior à luz da teoria da variação em terminologia

.

Empréstimos linguísticos do inglês : um estudo do léxico do comércio exterior à luz da teoria da variação em terminologia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Empréstimos linguísticos do inglês : um estudo do léxico do comércio exterior à luz da teoria da variação em terminologia
Autor Bastarrica, Maristela Lutz
Orientador Abreu, Sabrina Pereira de
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Análise lingüística
Comércio exterior
Emprestimo linguistico
Lexicologia
Linguagem especializada
Língua inglesa
Semiótica
Socioterminologia
Terminologia
Variação lingüística
[en] Foreign trade lexicon
[en] Linguistic borrowing
[en] Loanword
[en] Socioterminology
[en] Variation
Resumo A presente dissertação objetiva analisar o fenômeno conhecido como empréstimo linguístico. Para tanto, adotei como referencial teórico a Teoria da Variação em Terminologia, proposta por Faulstich (1999). Foi analisado um léxico especializado, mais precisamente o do Comércio Exterior. O corpus, composto de 37 termos descritores e 195 ocorrências, foi formado por termos extraídos de um site governamental (http://www.receita.fazenda.gov.br/Legislacao/LegisAssunto/ComExt.htm). Os resultados da análise mostraram que o tipo de empréstimo mais produtivo encontrado no corpus é o híbrido, seguido do empréstimo que, depois de adaptado, se recompõe e gera uma Unidade Terminológica Complexa (UTC), híbrida ou vernacular, e do empréstimo que mantém a forma tal qual no inglês. Também tiveram recorrência importante no corpus empréstimos que geram um decalque no Português do Brasil (PB) e, a título de reforço, mantêm o termo em inglês, como um aposto explicativo. Em menor número, estão: a) os empréstimos que mantêm a forma de origem, mas apresentam evidências de registro de que ainda são estrangeiros; b) os empréstimos que mantêm a forma do inglês e geram uma forma adaptada às convenções ortográficas do PB; c) os empréstimos que mantêm a forma tal qual no inglês e geram uma forma adaptada às regras morfofonêmicas do PB; e d) empréstimos que abandonam a forma de origem em favor de um decalque no PB. De forma geral, esta pesquisa visou a contribuir para o desenvolvimento dos estudos socioterminológicos e fornecer auxílio prático aos operadores do léxico do Comércio Exterior com base na análise dos empréstimos linguísticos oriundos da língua inglesa e de seu estatuto variante.
Abstract This thesis presents an analysis of linguistic borrowing. Applying the theory of variation in terminology proposed by Faulstich (1999), it focuses on a specialized lexicon in foreign trade. The corpus consisted of 37 lexical items, with 195 occurrences, sourced from a Brazilian governmental site (http://www.receita.fazenda.gov.br/Legislacao/LegisAssunto/ComExt.htm). The analytical results showed that the most common form of loanword in the corpus was hybrid, followed by loanwords that undergo adaptation and then are restructured to form a hybrid or vernacular Complex Terminological Unit. An important number of occurrences also involved calques into Brazilian Portuguese (BP) with the original English following in parentheses as way of explanation. Other, less frequent variations included: a) loanwords consisting of the original English along with an indication that they are still foreign words; b) loanwords that maintain the original English while producing a form adapted to the conventions of BP orthography; c) loanwords that maintain the original English while producing a form adapted to the morphophonemic rules of BP; and d) loanwords that wholly replace the original English with a BP calque. Based on an analysis of linguistic borrowings from English and their variations, this research is intended both as a contribution towards the development of socioterminological studies and as a practical aid for users of the foreign trade lexicon.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/25453
Arquivos Descrição Formato
000743587.pdf (658.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.